Como utilizar o WhatsApp para impulsionar suas vendas

Você sabe como vender pelo WhatsApp em 2020, ano em que o mundo nos obrigou a se afastar do contato social e investir em novas estratégias a distância?

Para você ter uma ideia da importância dessa ferramenta de mensagens no nosso dia a dia é só olha esta estatística. Só no Brasil, são mais de 100 milhões de usuários no aplicativo, o que representa um enorme potencial de mercado para as vendas nesse meio.

Pesquisas apontam que uma pessoa visualiza a sua conta no aplicativo de mensagens de 70 a 150 vezes no dia. Essa é a chance de fazer com que o seu negócio se destaque entre elas. Esse número é muito superior ao número de checagens em e-mails por exemplo. Por isso, estar em contato com o cliente por um local mais próximo e pessoal pode ser a chave para alavancar as suas vendas.

 

Como vender pelo WhatsApp

Separamos as principais dicas para impulsionar as vendas através do WhatsApp:

 

Utilize listas de transmissão

Se você quer saber como vender pelo WhatsApp, precisa saber utilizar as listas de transmissão. Esse recurso do aplicativo permite que você envie a mesma mensagem para até 256 contatos. Utilizar a lista de transmissão é muito mais efetivo do que mandar mensagens em grupos, pois a mensagem direta obterá mais destaque nas notificações do consumidor.

No entanto, não utilize essa funcionalidade apenas para mandar ofertas. Ele pode ser um aliado na hora de oferecer conteúdos de qualidade, que falem sobre o seu segmento, sobre os produtos ou serviços que você fornece e até sobre a sua empresa. Dando conteúdo de qualidade ao cliente, as vendas ocorrerão naturalmente.

Cabe ressaltar que para uma lista de transmissão funcionar, é importante que o usuário tenha o seu contato salvo no celular, por isso, a estratégia funciona muito bem para oferecer novos serviços à clientes que você já possui.

 

Ofereça conteúdo

No tópico anterior também mencionamos a necessidade de criar conteúdo para vender pelo whatsApp. Por isso, é essencial que você crie engajamento através de áudios, vídeos, textos e também divulgue os perfis das suas outras redes sociais. Uma ideia é fazer um resumo de uma postagem no seu blog ou enviar um vídeo com os benefícios do seu produto.

Não exagere no número de postagens. É necessário utilizar do bom senso para não transformar a estratégia spam. Em muito casos, uma única mensagem por semana já é o suficiente.

O ideal é criar várias listas e montar um funil de vendas para os clientes prospectados.

 

Construa a audiência

Não adianta apenas saber como vender pelo WhatsApp se você não sabe conquistar novos contatos, certo?

Calma, nós vamos te contar algumas estratégias para ter novos contatos utilizando outras redes sociais, como Facebook e Instagram. A tática é a mesma para conseguir e-mails, por exemplo. Ofereça uma isca digital e em troca peça o número de WhatsApp e que a pessoa te adicione para receber algo, como e-book, artigos, dicas, infográficos, vídeo, entre outras. Essas recompensas oferecem valor ao cliente.

Promova seu WhatsApp através de publicações como “Entre em contato conosco pelo WhatsApp XXXX-XXXX e envie o código #promo para ganhar desconto na nossa loja.” Para enviar a mensagem, o cliente terá que salvar o seu contato e passará a fazer parte da sua lista de transmissão.

 

Como vender pelo WhatsApp com campanhas

Uma vez que você obteve o contato do cliente, é a hora de usar sua criatividade para disparar os melhores copys, textos com a intenção que a pessoa faça determinada ação, para realizar a venda.

Seja persuasivo ao oferecer o seu produto ou serviço. Muita gente imagina, de forma equivocada, que as vendas pelo WhatsApp são individuais, em que o cliente é convencido por mensagem direta. Essa estratégia é o final da abordagem. Através de listas você alimenta os clientes com uma série de mensagens, até lançar uma carta de vendas sobre a sua empresa. Se houver interesse, o atendimento passa a ser personalizado.

 

Use gatilhos mentais

Gatilhos mentais são técnicas de persuasão que utilizam aspectos como a urgência, a escassez, e a exclusividade para vender mais.

Através dos gatilhos, é possível chamar a atenção e engajar os clientes por meio de poucas frases, como “últimas unidades” “é agora ou nunca”, assim, você não lota a caixa de mensagens dos clientes e tem muito mais chances de sucesso.

Saiba mais sobre gatilho mentais aqui.

 

Integre o WhatsApp ao seu CRM

Se for possível, integre as duas ferramentas, pois, assim, você conseguirá monitorar melhor os contatos. Além disso, os contatos salvos no CRM podem ser instantaneamente acessados pelo WhatsApp, o que facilita o contato com clientes e prospects.

 

Como vender pelo WhatsApp Business

Essa é uma dica básica e essencial de como vender pelo WhatsApp. Além de passar maior profissionalismo para o cliente, o WhatsApp Business também tem uma série de funcionalidades úteis na hora de vender.

Essa modalidade da ferramenta te entrega dados valiosos sobre a performance das suas estratégias. Entre as informações mais interessantes estão a quantidade de mensagens que foram disparadas, quais mensagens foram entregues aos clientes e quais foram lidas.

Também é possível enviar mensagens automáticas e organizar os contatos de acordo com o momento da jornada de compra e tapa do funil. Com as etiquetas, você pode classificar se é um cliente que está frio ou prestes a fechar negócio. Além disso, pode usar classificações como “novo cliente”, “novo pedido”, “pago” entre outros. 

 

Abuse da função catálogo

Desde 2019, o WhatsApp forneceu uma ferramenta para que empresários conseguissem compartilhar os catálogos de forma mais prática para os usuários do aplicativo.

Assim, os seus clientes podem ver a lista de produtos e valores. O processo de venda fica muito mais rápido e dinâmico. Por isso, separe um tempo para fazer upload dos seus produtos na ferramenta. Vale a pena também colocar imagens e se dedicar na hora de escrever a descrição.

Se a sua empresa é pequena e não tem site, você deve apostar ainda mais nesse recurso!

Continue lendo: Os melhores canais de negócio para acompanhar no YouTube

Siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram