Proteção e IEV: como a parceria proporcionou crescimento de 35% em resultados

A Proteção, empresa especializada em materiais de construção, nasceu em 2009. Desde então, o negócio trilhou uma jornada de sucesso ao se expandir no mercado, sendo um dos principais estabelecimentos do ramo em Fazenda Rio Grande – PR.

A Proteção também faz parte da Rede Nova Sul, uma forte associação de lojas de materiais de construção na região. A companhia atua a partir de 30 funcionários, oferecendo um amplo mix de produtos.

Para fortalecer o crescimento da empresa em 2021, o projeto ProteAção foi criado. Cristiane Ariely, gerente comercial da empresa, e Helloisa Carvalho de Freitas, analista administrativa, viram a necessidade de desenvolver todos os setores do negócio de materiais de construção.

Porém, essa iniciativa acompanhou outra ação que revolucionou as vendas do negócio. 

“Nós queremos uma empresa inovadora, mas as pessoas também têm que ter essa mente.”

A Proteção conheceu o Instituto de Especialização em Vendas (IEV) através da Rede Nova Sul. No início de 2021, após uma reunião estratégica com um especialista em vendas do IEV, a empresa entrou para o Programa de Desenvolvimento Comercial (PDC), com foco em desenvolver toda a equipe comercial. 

Após apenas alguns meses, os impactos do desenvolvimento foram tão expressivos que Cristiane e Helloisa tiraram do papel um projeto para expandir esse aprimoramento para os outros times e lideranças da empresa.

A iniciativa ganhou o nome de ProteAção, e vem gerando, junto ao IEV, diversos resultados desde a sua criação.

“O nosso foco principal agora é a gestão de pessoas, e o que mais nos impacta na empresa é o clima organizacional, as pessoas, a equipe. Temos um foco interno para ter um resultado externo […] Com a ajuda do IEV, com certeza temos aplicado [isso]”, conta Cristiane.

A mudança de atitudes da equipe comercial 

Desde que entraram para o PDC, a gerente comercial expressa que tem notado mudanças na equipe. 

“O impacto foi muito positivo, principalmente falando da equipe comercial, com os treinamentos, que são o foco. Hoje, eles negociam muito melhor. A abordagem melhorou 100%, a parte de marketing pessoal também, que já vinha melhorando com o trabalho que estávamos aplicando, mas com o EV (Especialização em Vendas) mudou muito mais”, ela fala.

Ela conta que, mesmo que os vendedores ainda estejam em processo de aprimoramento, eles já utilizam o que absorveram para aumentar seus resultados.

“Eu vejo o crescimento de cada um. O que tem impacto é realmente no atendimento deles, no empoderamento. Agora, eles não ficam toda hora chamando, é pontual. Eu notei uma melhora gigantesca no comportamento, na parte de postura, do planejamento”, a gerente comercial expressa.

Helloisa complementa que, a partir disso, os números do negócio também vem crescendo com constância. “Uma coisa que melhorou muito mesmo foi a nossa margem [de lucro], ela só vem subindo. Tínhamos uma margem de lucro na média de uns 20% e 25%, hoje estamos com 30%, além do aumento das vendas”, ela informa.

O direcionamento da liderança

Cristiane conta que um dos maiores benefícios da parceria com o IEV é o auxílio ao desenvolver os projetos pensados para o setor comercial, que também tiveram impacto na própria iniciativa da empresa, o ProteAção. 

“Do meu ponto de vista, nós até já sabemos o que fazer, mas nem sempre temos a direção correta. Nós passamos por momentos, na empresa e com a equipe, em que precisamos de ajuda. Então, o curso tem ajudado muito nessa parte de organização, de ajudar a direcionar, de ser o líder, de falar o que tem que ser falado de uma forma que eles entendam”, a gerente comercial fala.

Para alcançar esses resultados, ela conta que as mentorias têm sido de muita ajuda. Inclusive, Cristiane expressa que esses ensinamentos fazem toda a diferença e que Heloísa tem tido mentorias com o IEV para aprimorar as habilidades de liderança, além de aumentar sua performance com o ProteAção.

As mudanças na empresa

A gerente comercial também conta que, além dos resultados numéricos, ela notou uma mudança em capacidades muito importantes para a equipe comercial. Ela esclarece que, após o IEV, a relação entre os colaboradores da Proteção mudou. “Algo que nós precisávamos muito aqui dentro era essa melhoria na comunicação”, adiciona.

Cristiane explica que, atualmente, a equipe tem outra visão sobre as vendas e sobre as atividades que realizam. Para ela, o treinamento tem agregado diversos conhecimentos importantes, como networking e postura corporal, além das técnicas de vendas. 

Tudo isso faz com que os resultados individuais e coletivos tenham aumentado. “Alguns vendedores tiveram o crescimento de 40% no faturamento”, a gerente comercial completa.

O impacto do IEV

Para Cristiane, “a palavra [para definir o que ganhamos com o IEV] é conhecimento”. Isso porque, além das ferramentas necessárias para realizar melhores vendas, ela conta que a equipe ganhou uma base duradoura e acessível de informação.

Para as criadoras do ProteAção, essa mudança é o princípio de todas as outras. “A transformação dos vendedores também dá retorno em mais vendas”, acrescenta Helloisa.

Por isso, para ela, o IEV deixa um sentimento de melhoria contínua na empresa. “Vocês são bem inovadores, vocês têm uma forma de passar o conhecimento em que entendemos a linguagem. Isso é muito importante, a forma, a linguagem do IEV que, como a Helloisa falou, hoje vemos um resultado muito bom em números, em pessoas e em comportamento. Eu indicaria muito e com nota 10”,  Cristiane finaliza.