Rhunill, distribuidora Bio Extratus, profissionaliza equipe e aumenta positivação com cursos do IEV

Rhunill, distribuidora Bio Extratus, profissionaliza equipe e aumenta positivação com cursos do IEV

A Rhunill surgiu em 2002 em Taió (SC) e é umas das distribuidoras de produtos Bio Extratus no Brasil. A empresa tem como objetivo proporcionar bem-estar, rentabilidade e qualidade a seus parceiros e consumidores. Hoje, atua no Extremo Oeste, Oeste, Meio Oeste, Norte, Planalto Serrano e parte do Alto Vale do Itajaí, e atende consumidores nas 182 cidades que abrange em Santa Catarina.

Rhuan Ferrari Fabian Marcelino , filho do fundador, está há 3 anos focado totalmente na Rhunill, que conta com 24 funcionários, entre eles, 9 vendedores, e atua como diretor e gestor administrativo. 

Os principais clientes são salões de beleza, farmácias e drogarias, lojas de cosméticos e supermercados parceiros.  

Como  a Rhunill conheceu o IEV

A Rhunill conheceu o Instituto de Especialização em Vendas através da indicação da Letícia Fabian Barbosa, gestora da Bio Ativos, outra distribuidora da marca no Paraná. 

Saiba mais sobre a história de sucesso da Bio Ativos com o IEV clicando aqui.

No entanto, a decisão de contratar o Programa de Desenvolvimento Comercial (PDC) partiu da diretoria da empresa. “Uma frase que marcou a gente foi que não teria uma fidelização, ‘se vocês acharem que não está bom, vocês vão parar com a gente’. Isso foi uma das coisas que fez a gente perceber que tinha algo diferente, não foi só vender uma promessa, uma possibilidade. Isso foi uma coisa que me chamou atenção” conta Rhuan.  

“Uma das principais forças que tivemos para fechar o curso foi aquela velha opinião de que, as vezes, você precisa de uma opinião de fora para você certificar que o quê você está fazendo não está errado” explica. 

Programa de Desenvolvimento Comercial (PDC)

A Rhunill se tornou parte do time de clientes do IEV em 2020, no início da pandemia de coronavírus no Brasil. 

“A necessidade de mudança veio, pois temos uma carteira de clientes muito grande. É natural qualquer empresa, em qualquer ramo, ter cada vez mais clientes, mas, de certa forma, essa carteira de clientes não era planejada para atuação. Nós tínhamos alguns percentuais para atingir, mas, simplesmente, nós íamos atender e vender para todos os clientes de uma vez só. Era um atendimento mais amplo, sem uma atitude mais direcionada por segmento, tamanho e potencial” conta David Canuto Rocha, gestor comercial da empresa, sobre os principais pontos de aperfeiçoamento. 

O líder também ressalta que outro grande objetivo da distribuidora era melhorar a positivação: “Quando você aumenta a sua positivação, possivelmente você também aumenta o valor vendido. Isso também é uma necessidade da nossa empresa, vender mais, só que de todo modo, além de vender mais, vender melhor, vender para o cliente certo, os produtos certos”. 

Resultados da Rhunill com o IEV

Nossos vendedores passaram a ter um atendimento até mais técnico, não só aquele atendimento de tirar pedido. Então, nossos vendedores amadureceram em relação a atuação em campo. Aprenderam a ter qualidade no atendimento, qualidade na venda, e a identificar os perfis do cliente, que antes nós não avaliamos de forma criteriosa. Passamos a ter isso com o curso” conta David. 

Esse comprometimento também resultou em crescimento para a empresa. Nos 5 meses em que a Rhunill está dentro do Programa de Desenvolvimento Comercial, a empresa cresceu o seu faturamento em 13,6% em meio a pandemia e aumentou a positivação em 9,39%. 

IEV e a cultura da Rhunill

“Um lado muito importante foi essa profissionalização mesmo, que é a ideia do curso, e a proximidade que isso trouxe para a nossa equipe (…). A gente sentiu um nível mais interessante de trabalho, que foi muito importante para que esses números fossem alcançados” conta Rhuan sobre os impactos da formação em vendas para o seu time comercial. 

David complementa falando sobre a mudança de postura da Rhunill: “Nós vimos que a repetição é muito importante. Antes nós nos frustrávamos muito em relação ao quê? Nós tínhamos um critério diferente para atuação, nós tínhamos uma campanha diferente. Nós íamos lá, aplicávamos essa campanha, mas a campanha iniciava e terminava e nós só víamos o resultado final. O que acontece agora? Nós aplicamos uma campanha e agora semanalmente estamos revisando ela, revisando em questão de resultado, onde nós estamos e onde nós queremos chegar. Isso é recorrente até mesmo para as atividades dos vendedores, até mesmo em questão de política comercial. Essa questão de estar revisando semanalmente ou até mesmo mensalmente fez com que a nossa equipe ficasse mais engajada. Antes, a gente não tinha tanto essa repetição, essa  ideia de reciclar, revisar e treinar mais vezes”. 

Mudanças na liderança

“Eles até fizeram uma revolução na nossa forma de fazer contato com os vendedores, no estilo de conversa que temos com eles” conta Rhuan sobre a sua experiência durante a pandemia. Segundo o diretor, o PDC  facilitou a comunicação por videoconferência durante o tempo em que o seu time não estava em campo e necessitava de acompanhamento contínuo.

O maior impacto foi de olhar para a venda de outro modo. Normalmente, quem está na função de gestão, e vem de outras áreas administrativas, acaba ali no meio dos vendedores, não tem muito tempo em campo. O  impacto que o IEV traz nesse sentido é de olhar e trabalhar  a venda de outro modo, no sentido de enxergar o tamanho do cliente e seu potencial, saber que dentro da sua empresa existem perfis diferentes de pessoas,  saber que é importante para que o nosso negócio flua, a revisão, a reciclagem, é necessário treinamento. É necessário ensinar e estudar. Tem vendedores que me falaram: “David, eu voltei a estudar depois de tantos anos. Eu não sabia que com tanta experiência em vendas, eu tenho que estudar”  narra o gestor comercial. 

Você recomendaria o IEV? 

As duas lideranças da Rhunill concordam que o Instituto de Especialização em Vendas trouxe muitas mudanças positivas para empresa. 

Você tem que buscar mais para vender melhor. Em vendas, a gente tem isso, normalmente, a gente se garante com um resultado, mas se a gente não estudar, não fazer diferente, o mercado  passa sobre nós.  Nós vimos que é necessário, que nós fortalecemos, que tenha um trabalho mais técnico, levar para a nossa equipe um conhecimento mais adequado, mais aprofundado. O curso trouxe uma atuação mais técnica, eficaz. A gente não sabia identificar a proposta única de valor. Hoje, a gente fala: a minha proposta é essa. Antes, a gente tinha algo vago” conta David.  

Instituto de Especialização em Vendas (IEV)

O IEV foi fundado em 2014 e nasceu com a missão de transformar o mundo através das vendas.  O Instituto de Especialização em Vendas busca propagar a formação de profissionais de alto nível em performance nas vendas por todo o país. Utilizando metodologias práticas e exclusivas, o IEV oferece as melhores e mais completas soluções que se adequam à sua necessidade ou a do seu negócio.

Muito mais do que a maior escola de vendas do Brasil, o IEV é referência no que faz e se compromete com a concretização das metas de seus clientes, levando-os aos resultados desejados com uma experiência memorável.