Zeyana Fotogravura especializa a equipe com o IEV

Zeyana Fotogravura especializa a equipe com o IEV

A Zeyana Fotogravura foi fundada em 1976 com o objetivo de revolucionar o segmento da comunicação visual. No início, o foco da empresa era a impressão de cartões de visitas.

O negócio é um dos maiores convertedores 3M (transformam os filmes de acordo com a necessidade do cliente) da América Latina. Para isso, contam com 80 colaboradores e oferecem serviços personalizados a cada um de seus consumidores.

O gerente comercial da empresa, Adriano Martins, conta que a Zeyana também preza pelo melhor ao basear todos os seus produtos em tecnologia de ponta. Adriano está há 24 anos na empresa e há 16 anos na área comercial. 

Como a Zeyana Fotogravura conheceu o IEV

Adriano conta que a decisão de fechar com o Instituto de Especialização em Vendas foi tomada pelos diretores da Zeyana. Porém, toda a equipe recebeu o projeto de aperfeiçoamento com entusiasmo. 

“Nós fomos visitados por um franqueado e de pronto houve um interesse da nossa diretoria em adquirir esse curso de aperfeiçoamento na nossa área. Não há esse tipo de curso na região. Foi excelente, tivemos um engajamento de todos os envolvidos”, o gerente comercial explica.

Para ele, era uma oportunidade de crescimento. “Um dos motivos pelos quais contratamos o IEV era que, querendo ou não querendo, entramos em uma zona de conforto. Precisávamos dar uma “chacoalhada” e, então, o IEV veio no momento certo”. 

Para profissionalizar toda a equipe, a Zeyana entrou para o Programa de Desenvolvimento (PDC). Antes de iniciar o projeto, a empresa passou por uma reunião estratégica com um especialista em vendas do IEV. A partir disso, todos os desafios do time comercial foram mapeados, e eles receberam uma solução personalizada para superá-los.

Programa de Desenvolvimento Comercial

O gerente comercial conta que o projeto trouxe resultados visíveis para o time comercial e também beneficiou os processos da empresa. Antes do IEV, ele nunca havia estudado gestão comercial. 

“Foi bastante proveitoso. A gente vê principalmente em relação à forma em que o pessoal de vendas se posiciona em uma venda. Hoje, nós conseguimos fazer mais com menos. Conseguimos encurtar alguns processos. E também conseguimos ser mais ágeis e, como resultado, tivemos um percentual significativo de faturamento”, fala Adriano. 

Ele revela que a oportunidade de acompanhar a equipe por indicadores foi um diferencial. Antes, ele não tinha um acompanhamento próximo dos resultados. “Fazer o acompanhamento de gráficos semanalmente, regularmente, foi fantástico. Você nota algumas evoluções”, ele afirma.

Por conta da pandemia, Adriano explica que assumiu alguns clientes da carteira da empresa e, por isso, os conhecimentos sobre processos de vendas foram essenciais

A fim de conseguir regular as obrigações, ele teve que aprender a administrar o tempo. Para ele, isso foi possível principalmente devido aos ensinamentos de Raul Candeloro, professor e sócio do IEV, uma das maiores autoridades em gestão de alta performance do Brasil.

“Isso foi outra coisa que eu aprendi. Eu tenho que ver o que é prioridade e ir fazendo”, ele completa.

“Os números comprovam a diferença entre o antes e o depois”

Adriano conta que a capacitação da equipe refletiu de forma expressiva nos resultados das vendas. “No ano de 2020, tivemos cerca de 60%, 70% a mais em faturamento”, ele afirma. 

“Tivemos um acréscimo por conta desses detalhes que pegamos durante o curso. Foram fundamentais para termos um sucesso hoje nas vendas”, acrescenta. Para ele, o conhecimento foi proveitoso para a empresa.“Sem dúvidas, eu indico. Falo muito bem dos profissionais e do curso”, finaliza o gerente.