Franquias mais rentáveis: saiba identificá-las e fazer a escolha certa para seu perfil

Ao planejar investir em um negócio, uma das primeiras preocupações do empreendedor é a rentabilidade e a lucratividade. Afinal, essa será a sua fonte de renda principal e, com sorte, ele conseguirá também ser o empregador de outras pessoas, fazendo a economia girar. Por isso, a pesquisa pelas franquias mais rentáveis é muito frequente. 

Mas o cálculo é mais complexo do que pode parecer. Além do faturamento médio estimado, existem outras cifras que devem ser colocadas na ponta do lápis para dizer se uma franquia é lucrativa ou não. 

Não se deixe levar pela quantidade de zeros: às vezes, o dinheiro que sai fica muito próximo daquele que entra. Assim, preparamos este post para você não errar. Aprenda aqui quais fatores precisa levar em consideração ao calcular a rentabilidade de uma franquia e prepare-se para o sucesso!  

Como identificar as franquias mais rentáveis?

Ao abrir uma franquia, o empreendedor terá uma série de custos fixos por mês, que correspondem aos royalties e outras obrigações com a rede franqueadora. Em troca, a rede fornece o suporte necessário para que o franqueado possa prosperar no negócio. Veja como identificar as franquias mais rentáveis. 

Estude o mercado

Comece a sua análise com um estudo aprofundado do mercado. Procure entender principalmente sobre os seus concorrentes e a quantidade de franquias que já existem no seu mercado — seja ele a sua cidade, o estado ou até o país. 

Algumas vezes, uma franquia parece uma ótima ideia, porque o produto ou serviço tem bastante saída. Mas, justamente por isso, o mercado já está saturado de concorrentes que oferecem soluções parecidas. Portanto, não deixe de ver se a sua ideia de uma boa franquia tem respaldo na realidade.

Descubra o faturamento médio estimado

Saber o faturamento médio da franquia é uma das primeiras coisas que você precisa saber antes de decidir se quer ser um membro da rede. Afinal, essa informação é a base para você calcular se a franquia tem o potencial para render o que você precisa para arcar com os seus custos de vida. 

Essa informação não costuma ser difícil de ser obtida. Normalmente, ela fica disponível até no site da rede franqueadora, uma vez que é um fator de tomada de decisão para os possíveis franqueados.  

Pese os royalties e as demais taxas

Porém, saber apenas a estimativa de faturamento médio não é suficiente. Outro número que precisa entrar nessa conta são os royalties e outras taxas que devem ser pagas à rede pelo suporte oferecido. 

Olhe com cuidado para todos esses números e veja se a subtração deles do faturamento médio é o que você espera como rendimento e se isso é suficiente para sustentar o seu estilo de vida. 

Possibilidade de venda recorrente

Os modelos de negócios com vendas recorrentes têm sido muito procurados pelos empreendedores. Isso acontece porque esse modelo permite uma maior segurança, previsibilidade das receitas e blinda a empresa contra flutuações do mercado. 

Além disso, quando você consegue fechar um contrato de venda recorrente, isso significa que você fidelizou aquele cliente. Em outras palavras, você terá um custo muito menor na aquisição de clientes, uma vez que um cliente fidelizado custa muito menos do que outro, que deve ainda ser conquistado. Nesse sentido, as franquias do setor de serviços e de educação são ótimas opções. 

Como fazer uma projeção da rentabilidade das franquias? 

Para o cálculo da projeção de rentabilidade, você vai precisar dominar alguns conceitos, que vamos explicar a seguir. 

Investimento inicial

Além do valor que deve ser pago para a compra da franquia, existem uma série de outros custos com os quais você precisará arcar para abrir o seu negócio. Alguns exemplos são obtenção de licenças, obras no ponto de vendas, equipamentos de segurança, entre outros. As microfranquias têm investimento inicial bem baixo e são uma ótima opção para empreendedores jovens. 

Custos fixos e variáveis

Uma empresa tem dois tipos de custos: 

  • Fixos: são calculados independentemente da quantidade de produtos fabricados ou dos serviços prestados. Exemplos: aluguel, IPTU, seguro etc.  
  • Variáveis: mudam de acordo com a produção, seja de produtos ou de prestação de serviços. Exemplos: fretes, embalagens, transporte de funcionários e especialistas etc. 

Projeção das vendas

Apesar de a franquia ter seus dados de faturamento médio, é sempre recomendável que o empreendedor faça a localização desses dados. Ou seja, é necessário fazer um estudo para ter a estimativa de quanto a sua franquia pode render. Não se esqueça de simular diferentes cenários, considerando perspectivas otimistas, realistas e pessimistas. 

Capital de giro

Este valor se refere ao montante necessário para manter as operações da empresa. Para calculá-lo, você deve considerar todas as despesas do dia a dia do negócio, independentemente do seu desempenho em vendas. O capital de giro é uma reserva que você precisará ter até que a sua franquia tenha ganhos suficientes para cobrir os gastos e as despesas. 

Fluxo de caixa

Essa ferramenta permite a você projetar as entradas e saídas da franquia, podendo prever qual será o saldo em períodos futuros. 

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

Essa ferramenta contábil mostra qual deverá ser o lucro da empresa, se todas as metas forem batidas. 

Payback

O payback é o ponto que marca o momento em que o negócio começa a ter retorno pelo investimento realizado.  

Tempo de dedicação ao negócio

Muitas pessoas procuram uma microfranquia como uma segunda fonte de renda, para complementar o orçamento no fim do mês. O que algumas delas parecem esquecer é que, em um negócio, o retorno é proporcional ao esforço que você coloca na empresa. 

Portanto, se uma microfranquia leva cerca de 6 meses para chegar ao ponto de equilíbrio com alguém atuando em dedicação exclusiva, certamente esse prazo vai dobrar (ou pode aumentar ainda mais) se a pessoa trabalhar na franquia em regime part-time. Fazer esse cálculo é imprescindível para definir se uma microfranquia é a melhor opção para você.

Quais são as franquias mais lucrativas do Brasil?

Casa Bauducco

Conhecida nacionalmente pelos panetones e por outras guloseimas que vão de torradas a bolos prontos, a Bauducco inaugurou a sua primeira Casa em 2012. Nas casas, é possível degustar os maiores sucessos da marca e outros produtos exclusivos, como o palmier com chocolate, muffins de diversos sabores, cookies e — é claro — os famosos panetones da marca. As lojas também têm um empório, onde os clientes podem comprar embalagens dos produtos. 

Atualmente, a Casa Bauducco já tem mais de 80 franquias em todo o Brasil. O investimento inicial é a partir de R$ 523 mil, com um retorno que varia de 24 a 40 meses. A marca conseguiu o Selo de Excelência em Franquia da ABF em 2018 e 2019. 

O Boticário

A marca brasileira de cosméticos pode ser considerada um case de sucesso e, definitivamente, uma das melhores franquias para investir no Brasil e até fora dele. Inaugurada em 1977, a empresa tem hoje a maior rede de franqueados do país, com mais de 3.700 lojas e quiosques em mais de 1.700 cidades do país — sem contar no exterior, onde O Boticário já tem lojas em 15 países. 

Quem quiser abrir a sua loja da marca terá que fazer um investimento inicial de, pelo menos, R$ 90 mil, e o prazo previsto de retorno varia entre 18 a 36 meses. A estimativa de faturamento mensal médio é de R$ 70 mil, e a taxa de franquia é de R$ 45 mil. O Boticário não cobra royalties, mas o franqueado deve fazer um pedido mínimo de produtos, correspondente a uma porcentagem do faturamento.

IEV

No mercado desde 2014, o Instituto de Especialização em Vendas (IEV) é membro da Associação Brasileira de Franchising (ABF) desde 2018. O instituto é o primeiro do Brasil especializado na profissionalização de gerentes e vendedores. 

Se você ficou curioso sobre essa franquia, pode assistir ao webinar a seguir e saber mais detalhes: 

Atualmente, já são mais de 40 unidades em todo o país. Os franqueados têm acesso à metodologia exclusiva desenvolvida pelos sócios-fundadores da empresa, três dos maiores especialistas em vendas do Brasil. A metodologia prática ajuda as empresas a identificarem oportunidades e venderem mais e melhor. 

Conheça a franquia do IEV e seja parte da mudança da força de vendas do país!