Franquias para jovens empreendedores: como saber se é para você?

Franquias para jovens empreendedores: como saber se é para você?

O brasileiro é um povo empreendedor, e esse interesse começa cedo, com uma grande procura por franquias para jovens. Segundo a pesquisa Juventude Conectada, de 2014, 71% dos jovens têm vontade de empreender

Mais recente, a Global Entrepreneurship Monitor, de 2019, revelou que o Brasil tem 7 milhões de pessoas entre 18 e 24 anos que têm o próprio negócio, e mais 12 milhões com idades entre 25 e 34 anos. 

Para quem tem a vontade de ter o próprio negócio mas ainda não tem certeza do caminho a seguir, este artigo pode oferecer um caminho rumo ao sucesso. Vamos apresentar as vantagens e os desafios de abrir um negócio enquanto jovem e mostrar algumas opções de investimentos. Acompanhe! 

Quais as vantagens e os desafios de investir em um negócio antes dos 30? 

Jovens são, por natureza, mais audaciosos e entusiasmados. Mas a emoção não pode ser a única a guiar a escolha de investir em um negócio antes dos 30. Ser responsável por uma empresa é uma decisão importante que pode ter consequências não só para a sua vida, mas para a vida das pessoas que trabalham com/para você. 

Por isso, é importante ter noção das suas forças e fraquezas. Acompanhe alguns pontos a serem considerados nos tópicos a seguir.  

Vantagem: maior abertura ao risco

Antes dos 30, grande parte das pessoas no Brasil ainda não tem filhos. Muitos nem saíram da casa dos pais. Para quem pensa em abrir um negócio, isso é uma grande vantagem. Não ter outras pessoas que dependem de você (como filhos) e ter uma rede de apoio o torna mais aberto a aceitar riscos. Isso pode levar a ganhos e recompensas maiores no futuro do negócio. 

Vantagem: capacidade de adaptação

Depois de longos anos fazendo as coisas de uma mesma forma, é difícil conseguir aceitar mudanças. Por ter sido menos exposto às regras do mercado e ter menos ideias já consolidadas, os jovens têm uma tendência maior a se adaptarem a condições novas. Além disso, por serem nativos digitais, costumam ter maior facilidade para aprender ferramentas tecnológicas.

Vantagem: energia e determinação

É um processo quase natural da vida: com o passar dos anos, as pessoas vão ficando mais cansadas e têm menos disposição para jornadas exaustivas de trabalho. É claro que isso não é uma regra, e existem muitos adultos maduros por aí cheios de vida e energia. Mas é uma tendência que os jovens tenham mais determinação para tolerar as longas horas de trabalho que uma nova empresa demanda. 

Desafio: menos experiência

A experiência é uma bagagem que vai sendo acumulada ao longo da vida. Portanto, os mais jovens tiveram menos tempo de vida para construir a sua experiência, e isso pode se fazer sentir no dia a dia da gestão de uma empresa. 

Uma forma de contornar isso é adotando um mentor que vai orientar os seus passos. Ou você pode se associar a outro(s) profissional(is) com mais bagagem para complementar os seus conhecimentos.    

Desafio: sede demais ao pote

O outro lado da moeda de ter muita energia é não saber quando dar uma pausa. Segundo uma pesquisa de 2019, os mais atingidos pelo burnout, ou esgotamento profissional, são justamente os trabalhadores com idades entre 23 e 38 anos. Saber descansar é tão importante quanto ter a resiliência para aguentar jornadas exaustivas. 

Desafio: dificuldade para o crédito

Com exceção daqueles que já nasceram em famílias com boas condições econômicas, quem é mais jovem ainda não teve tempo para acumular capital ou construir uma reputação confiável para si. Uma das consequências disso pode ser uma maior dificuldade para conseguir crédito para investimentos muito necessários no negócio. O Sebrae, oferece assistência e pode ajudar em orientações sobre como ter acesso ao crédito. 

Qual o melhor tipo de investimento para jovens? 

Não existe uma solução única que seja indicada para todos os tipos de jovens empreendedores. No entanto, alguns tipos de negócios são mais indicados por apresentarem características mais propícias ao perfil dos mais jovens. Reunimos algumas ideias a seguir. 

Cursos online

O setor de educação é um dos mais promissores. Com a mudança rápida do mercado, os profissionais estão em constante necessidade de atualização. Hoje, os celulares já são capazes de gravar vídeos com boa qualidade, e os softwares de edição tornaram-se mais baratos, acessíveis e intuitivos. Além disso, há diferentes marketplaces de educação onde você pode hospedar o seu curso. 

E-commerce

Muitos jovens empreendedores estão atrás de uma maior liberdade para realizar seu trabalho. Um e-commerce fornece a flexibilidade de trabalhar nos horários que você preferir, uma vez que não existe uma loja física que precisa ficar aberta em horário determinado. Além disso, se você optar pelo modelo de drop shipping, não é necessário nem manter estoques do seu mix de produtos. 

Não sabe como funciona o modelo de drop shipping? Veja no vídeo abaixo:

Links patrocinados

Muitos sites de sucesso hoje em dia vivem do modelo de negócios de links patrocinados. Ou seja, você divulga links de produtos e, a cada compra feita pelo seu link, você recebe uma porcentagem na venda. Esse tipo de empreendedor ganha no volume de vendas, por isso, é indispensável ter uma boa audiência para quem divulgar os links.  

Franquias para jovens empreendedores: compensa? 

A franquia, para jovens, é uma excelente opção, por cobrir justamente algumas das fraquezas apontadas anteriormente, além de outras. Veja as principais vantagens em investir em franquias para jovens. 

Modelo de negócio de sucesso

Empresas que entram no ramo do franchising já testaram, avaliaram, modificaram e aprovaram seu modelo de negócio. Ao abrir uma unidade, o franqueado já recebe pronto o modelo de negócio, e precisa somente adaptá-lo para o lugar onde pretende implementar a sua loja ou oferecer o seu serviço. 

Experiência acumulada

A rede franqueadora oferece treinamentos e atualizações constantes. Dessa forma, você estará sempre por dentro das novidades do mercado e saberá reagir às mudanças e flutuações. Outra vantagem é poder usufruir da experiência não só da rede franqueadora, mas também dos outros franqueados, que podem dar dicas valiosas sobre o negócio. 

Investimento baixo

Algumas franquias requerem um investimento inicial de poucos milhares de reais e dão um bom retorno a partir do médio prazo. São as chamadas microfranquias, que são uma excelente opção para os empreendedores mais jovens.

Maior flexibilidade

Algumas franquias permitem que você trabalhe sozinho e faça até mesmo o regime de home office. Isso dá maior flexibilidade para o empreendedor organizar os seus horários de acordo com a sua janela de produtividade — mesmo que ela não seja durante o horário comercial. Além disso, essas condições permitem realizar o sonho do nomadismo digital, ou seja, trabalhar de qualquer lugar com um computador e acesso à internet. 

Se você gostou do que leu até aqui e ficou entusiasmado com as oportunidades de franquias para jovens, vale a pena considerar realizar o seu sonho do negócio próprio com uma franquia do Instituto de Especialização em Vendas (IEV). 

Fundado em 2014 por três dos maiores especialistas em vendas do Brasil, o IEV tem a missão de mudar o mundo por meio das vendas. Hoje em dia, a rede já tem mais de 40 franquias pelo país e já ajudou milhares de profissionais a se qualificarem no mundo comercial.

O IEV oferece cursos online de vendas, workshops e organiza eventos, tudo com o objetivo de promover a capacitação de vendedores e gerentes. A metodologia exclusiva foi montada de forma a ter aplicação prática imediata, o que constitui um diferencial do IEV. Confira já a oportunidade de franquias para jovens do IEV. Veja o impacto que a rede já teve na vida de milhares de pessoas e seja o próximo a fazer parte dessa comunidade!