Como ser um franqueado? Entenda tudo sobre este perfil de investidor

Como ser um franqueado? Entenda tudo sobre este perfil de investidor

Tem vontade de ingressar em um segmento que só cresce? Busca opções de negócio com baixo investimento e retorno rápido? Então você precisa entender o sistema de franchising para descobrir como ser um franqueado! 

Ao longo deste artigo, falaremos com detalhes sobre o processo de formalização de um franqueado, e destacamos as características do modelo de negócio que o tornam diferente de um empreendedor convencional.

Pronto para abrir sua mente e entender como ser um franqueado? 

Continue a leitura! 

O que é ser um franqueado?

O franqueado é o investidor interessado em adquirir o direito de abrir uma franquia, ou seja, de replicar um modelo de negócio já existente.

Qual a diferença entre um empreendedor franqueado e um convencional?

O conceito de franqueado também passa pelo de empreendedor. Afinal, um franqueado é um empreendedor que opta por investir no mercado de franchising. 

Mas as semelhanças param por aí! 

É preciso compreender que um empreendedor franqueado deve ter consciência sobre as particularidades do sistema. A seguir, listamos algumas delas: 

1. Se entender como parte de um sistema

Diferentemente do empreendedor convencional, que abre seu negócio e tem autonomia para conduzir cada um dos processos relacionados à empresa, o empreendedor franqueado faz parte de um sistema padronizado. 

Por isso, ele precisa seguir as regras, receber e gerir as informações compartilhadas pela franqueadora e respeitar os limites entre aquilo que está sob o seu controle na gestão do negócio e o que deve seguir os padrões da matriz. 

2. Participar ativamente da gestão em rede 

Não basta apenas entender-se como parte do sistema de franchising. Para aproveitar as potencialidades do modelo de negócio, é preciso que o empreendedor franqueado participe ativamente da gestão em rede. 

E o que isso significa na prática?

Significa aproveitar as oportunidades de parceria oferecidas pela franqueadora, compartilhar experiências e informações relevantes para outros franqueados e, sobretudo, respeitar as orientações comuns transmitidas ao time de franqueados pela franqueadora. 

3. Manter uma relação jurídica saudável com a franqueadora 

Após aceitar a COF (Circular Oferta de Franquias) e assinar o contrato com a franqueadora para abrir a franquia, o empreendedor passa a ter uma série de obrigações jurídicas para com a empresa. 

Portanto, faz parte do escopo de trabalho deste investidor, assegurar o cumprimento de todas as cláusulas acordadas no contrato, sejam elas relativas a marketing, faturamento ou gestão. 

Quais as vantagens do sistema de franchising para o franqueado?

Uma vez em acordo com os direitos e deveres do empreendedor franqueado, é hora de começar a usufruir dos benefícios. E já adiantamos: são muitos! 

Confira a lista abaixo para entender como ser um franqueado pode ser vantajoso para o seu caso. 

  • Credibilidade da marca: ao adquirir uma franquia, o empreendedor conta com a credibilidade construída pela própria marca. Isso ajuda a diminuir a chance de erros comuns em negócios iniciantes e a aproveitar toda a expertise de um negócio que já passou pela fase de amadurecimento e aperfeiçoamento; 
  • Possibilidade de integrar uma rede de franqueados: a participação da rede de franqueados oferece vantagens exclusivas ao empreendedor, como descontos em negociações de fornecedores, trocas de experiências e informações valiosas sobre a gestão da empresa; 
  • Menor risco para o negócio: apostar na união de um modelo de negócio já testado com a consultoria de empreendedores mais experientes reduz os riscos de fracasso do negócio;
  • Reflexo positivo nas vendas: com a transferência de know-how, apoio no processo de gestão e construção do planejamento estratégico do negócio, as chances de sucesso de um negócio franqueado são maiores. 

Como ser um franqueado?

Agora que você já sabe como funciona o modelo e quais as vantagens de integrar uma rede de franquias, é hora de partirmos para a prática. Continue a leitura e conheça os 7 passos fundamentais para entender, de uma vez por todas, como ser um franqueado. 

1. Conheça o sistema de franquias

Primeiramente, é preciso estudar a fundo o sistema de franquias e suas particularidades. Um empreendedor que mergulha no segmento após entender as características do mercado está mais preparado para olhar com atenção para pontos cruciais dos negócios, tais como: 

  • tempo de contrato;
  • expertise da empresa;
  • previsão de retorno sobre o investimento inicial;
  • taxas adicionais; 
  • cláusulas contratuais e obrigações;
  • etc. 

2. Entenda seu perfil e preferências

Em seguida, é hora de começar a compreender de que forma você,  enquanto empreendedor, se enquadra neste sistema. Quais suas preferências de negócio? Qual modelo de empresa se enquadra melhor em suas necessidades? Você deseja trabalhar sozinho? Que tipo de produto ou serviço se encaixa em suas habilidades de venda? 

Estas são algumas das perguntas que podem ajudar a entender como ser um franqueado. 

3. Avalie sua capacidade de investimento

Além de responder às perguntas acima e desenhar seu perfil de franqueado, é importante analisar com realismo sua capacidade de investimento no momento da abertura do negócio.

Felizmente, o mercado de franquias é vasto, e oferece diferentes tipos de negócio para cada perfil de investidor. 

Microfranquias (franquias com investimentos de até R$90 mil) e franquias online são algumas das possibilidades que devem ser avaliadas por empreendedores que buscam franquias baratas para apostar

4. Elenque e analise franquias que atendam aos seus objetivos

Após desenhar seu perfil de investidor, é hora de buscar, no mercado, opções de franquias que atendam aos aspectos levantados. 

O ideal é trabalhar com mais de uma opção nesta fase. Isso porque a escolha da melhor franquia para investir ainda depende de alguns fatores. Dessa forma, trabalhar com apenas uma escolha pode acabar levando o investidor a “morrer na praia” ao perceber que alguma das etapas de formalização do negócio não se adequa aos seus objetivos e necessidades. 

5. Avalie a franquia sob o ponto de vista legal e de mercado

Não pense que o investimento inicial é o único aspecto relevante para entender como ser um franqueado! Na verdade, é preciso fazer um estudo aprofundado das franquias que despertaram interesse sob os aspectos mercadológico, legal, financeiro e, claro, contratual. 

Este é o melhor caminho para identificar a sintonia entre as condições do negócio e sua disponibilidade enquanto empreendedor. 

6. Converse com a rede de franqueados

Está perto de tomar sua decisão? Que tal trocar experiências e ouvir relatos de outros franqueados da mesma rede de empresas? Faça perguntas, colete informações relevantes e pergunte tudo o que você considera relevante antes de tomar a decisão final.

Afinal de contas, os franqueados são as melhores fontes de informações sobre a operação da franquia na prática! 

7. Analise a COF e feche negócio!

A COF (Circular Oferta de Franquias) é o documento que especifica cada detalhe da empresa para o franqueado. Dentre essas informações, estão:

  • faturamento;
  • histórico de transações;
  • franqueados ativos e inativos;
  •  valor do investimento inicial para abrir uma unidade. 

O ideal é avaliar a COF com atenção para ter certeza de que há compatibilidade entre a oferta e os interesses do franqueado. Se estiver tudo certo, basta assinar o contrato e firmar a parceria.

Veja com mais detalhes como funciona o processo de abertura de franquia: 

Pronto! Após a leitura deste artigo, você tem em mãos toda a informação necessária sobre como ser um franqueado. 

Se você sente que é hora de dar o próximo passo e começar a buscar as melhores franquias para investir, nós podemos te ajudar! 

O Instituto de Especialização em Vendas (IEV) foi fundado em 2014, hoje conta com mais de 40 unidades franqueadas. 

Nossa expertise é a capacitação e a profissionalização de gerentes e vendedores. Nosso propósito? Mudar o mundo por meio das vendas, usando uma metodologia prática, capaz de ajudar as empresas a venderem mais e melhor. Conheça a franquia do IEV e veja o impacto positivo gerado pelo nosso time de franqueados!