Aprenda como calcular a margem de lucro de sua empresa e não deixá-la entrar no vermelho

Aprenda como calcular a margem de lucro de sua empresa e não deixá-la entrar no vermelho

Para uma empresa conquistar o sucesso requer diversas habilidades que não se resumem apenas a fidelização de clientes. Mais do que aumentar o número de consumidores e saber administrar, é preciso buscar forças para fugir do prejuízo no final do mês.

O grande problema é que parte dos empresários não consegue fechar as contas com saldo positivo. São várias dúvidas questionadas, como o preço do produto abaixo do esperado, pouca clientela, altas promoções, sazonalidades, enfim, tudo isso deve ser colocado na ponta do lápis.

Entenda que calcular o rendimento é fundamental para o próprio sucesso financeiro, mas a falta de conhecimento pode levar a situações equivocadas. Por isso, neste artigo nós vamos explicar detalhadamente a importância e como calcular a margem de lucro de uma empresa. Acompanhe a gente!

O que é margem de lucro?

O lucro reflete a resposta positiva sobre o investimento de uma empresa. O que denominamos margem de lucro é o cálculo total faturado com o que foi gasto.

Essencialmente é o seguinte: o lucro bruto é o que a empresa ganhou, menos o que gastou. Logo, a margem de lucro é o percentual obtido por esse cálculo.

Na prática, digamos que uma agropecuária faturou R$5000 em um mês com a venda de produtos como fertilizantes, grãos, ração, porém no mesmo período os custos chegaram a R$3000. Resultado: lucro de apenas R$2000.

Isso significa que o empreendedor já tem noção sobre o andamento do seu negócio, certo? Agora para obter a margem de lucro, divida os R$2000 (sobrou) pelos R$5000 (ganhou) e multiplique por 100. A margem de lucro é de 40%.

Ou seja:

  • Receita total: R$5000,00
  • Custos: R$3000,00
  • Lucro: R$5000 – R$3000 = R$2000
  • Margem de lucro: R$2000/ R$5000 = 0,4 X 100= 40%

Entende-se então a margem de lucro da agropecuária de 40%. No momento de informar aos investidores ou ao banco a lucratividade, a empresa deve optar por apresentá-la em formato percentual para evitar confusão a quem recebe os dados. Embora o numeral representa o detalhe das contas, a porcentagem é visivelmente mais transparente.

Margem bruta X margem líquida: qual a diferença?

Agora que você já sabe o que é margem de lucro, vamos entender a diferença entre margem bruta e margem líquida.

Na margem líquida, o cenário é minucioso em comparação ao bruto. Além do cálculo do que foi recebido e gasto, são incluídos elementos como impostos e despesas fixas e variáveis (por exemplo, conta de luz, água, internet, etc.). Assim sendo, a contagem do lucro líquido é o lucro, menos os impostos e as despesas fixas e variáveis. Desse modo, a margem total é: lucro líquido/ receita X 100.

Vamos aos fatos! Uma loja de cosméticos faturou em um mês R$10000, os custos do serviço chegaram a R$4000, os impostos a R$500, e as despesas fixas e variáveis a R$1000. Para termos a margem de lucro líquida, a fórmula é da seguinte maneira:

  • Receita total: R$10000
  • Custos: R$4000
  • Impostos: R$500
  • Despesas fixas e variáveis: R$1000
  • Lucro líquido: R$10000 – R$4000 – R$500 – R$1000 = R$4500
  • Margem de lucro líquida: R$4500 / R$10000= 0,45 X 100 = 45%

 Resultado: a margem de lucro líquida é de 45%.

Qual a importância de calcular a margem de lucro?

O grande problema dos empresários ao não fazer as contas da margem de lucro é fantasiar um faturamento desproporcional. Perceba que a margem de lucro reflete no ticket médio, assim concebendo ao empreendedor avaliar os ganhos para possivelmente mudar alguns pontos no local de trabalho para subir a receita. 

Em outras palavras, citando o exemplo acima, podemos identificar que o lucro total foi de R$4500, já a soma das despesas, custos e impostos chegaram a R$5500. Assim, é importante refletir sobre o que levou a esses números tão expressivos, como, a título de exemplo, será que não há a necessidade de reduzir a conta de luz, ou porque o valor desses impostos encarecem minha loja? Enfim, um bom empreendedor que investe em estratégia empresarial e financeira está atento às particularidades.

Enfim, como aumentar a margem de lucro de uma empresa?

Separamos 3 dicas para você calcular a margem de lucro e obter um faturamento acima do esperado. Veja abaixo:

1. Invista em ótimas parcerias

Aprimore seu nível de fornecedores e parceiros para que sua empresa não caia no vermelho. Na hora de escolher, analise aspectos como disponibilidade de estoque, possibilidade de aumentos nos preços, estrutura e qualidade a partir da concorrência.

2. Escolha os produtos e serviços corretamente

Agora que você já sabe como calcular a margem de lucro, observe os valores do produto até chegar ao seu estoque e depois em direção ao consumidor. Resumidamente, se você é dona de uma pet shop, é provável vender o mesmo produto de alto valor para 10 clientes diferentes, mas ao calcular os ganhos você percebe que o lucro foi baixo. Nessa perspectiva, deve-se levar em conta a margem de lucro referente a cada produto e a procura pelo público.

3. Busque a venda casada

“Compre 1 e leve dois”. É muito comum ouvir essa tática assertiva dos vendedores na maioria das vezes. O fluxo de caixa pode crescer de acordo com a campanha de marketing realizada pelo seu estabelecimento.

Portanto, use e abuse das redes sociais e de anúncios para alavancar a sua produtividade e assim atingir a meta de vendas. Mas, evidentemente, um marketing bem direcionado deve ser inteligente e eficiente para atrair bons proventos e, por sinal, fortalecer o número de seguidores.

Assista neste vídeo detalhadamente como calcular a margem de lucro:

Como aprender a calcular corretamente o faturamento pessoal e da sua empresa?

Atualmente, a maioria das companhias tem equilibrado as contas para firmar o saldo positivo, no entanto, o que compete a derrota é a insistência nos mesmos erros.

Que tal parar para pensar em mais conhecimento na hora de calcular o ticket médio ou a margem de lucro? Tenha em mente que sempre há tempo de aprender e conquistar novos voos.

Por isso, o IEV é referência no assunto quando se trata de sucesso contábil, tanto para a sua empresa quanto para vida pessoal. Através de metodologias práticas e exclusivas, o instituto oferece treinamentos eficientes que geram resultados satisfatórios.

Não é à toa que são mais de 450 empresas beneficiadas e cerca de 5 mil alunos com nova visão de mundo.

Se você curtiu a ideia, essa é a sua chance! Conheça o nosso Curso de Especialização em Vendas e de Finanças Pessoais e, assim, aplicar as melhores técnicas para o seu sucesso e de sua empresa. Entre em contato agora com o IEV. Esperamos por você!