Felicidade no trabalho: IEV conquista o certificado de Great Place to Work

O IEV (Instituto de Especialização em Vendas) conquistou pela segunda vez, no início de agosto de 2021, o título de Great Place to Work, o selo que atesta as melhores empresas para se trabalhar no país. Com 95% de aprovação, uma das maiores notas da região, a escola de vendas, localizada em Bauru – São Paulo, consolida um novo modelo de valorização de pessoas no trabalho durante a pandemia.

Esse modelo bate de frente à realidade da maioria dos brasileiros. Em 2020, a International Stress Management Association (ISMA-BR) constatou que o Brasil é o segundo país com maior índice de estresse relacionado ao trabalho no mundo, o que se estende em 2021. Esses dados evidenciam a crescente validade de selos como o GPTW. 

“Então, ser uma GPTW, nesse momento, nos faz refletir para os colaboradores a nossa mensagem, de que, sim, dá para trabalhar em um ambiente legal, em um ambiente bacana, dá para ter um relacionamento próximo sem perder essa ideia de que somos uma empresa. Para nós, é muito importante que o colaborar se sinta livre, seguro e autônomo”, relatou Joyce Fatigati, coordenadora de Gente e Gestão no IEV.

O processo de certificação se baseia na opinião dos funcionários em relação ao clima organizacional da empresa. Com a obtenção do certificado e o atingimento de uma nota acima da média da América Latina, a instituição se qualifica para disputar o ranking de Melhores Empresas para se Trabalhar no Estado de São Paulo.

Foco no crescimento

A coordenadora ressalta que a certificação é uma grande conquista, pois deriva de momentos de mudanças entre o trabalho remoto e presencial. No início da pandemia, a escola de vendas adotou a cultura de treinamentos diários, a valorização da saúde mental e a aproximação das equipes. Para se destacar na pandemia, a empresa concluiu que deveria fortalecer a sua principal base: os colaboradores.

Desde o ano passado, o IEV praticamente dobrou de tamanho em resultados e colaboradores, e a coordenadora atribui isso às decisões adotadas durante a pandemia.

A cultura de treinamento na pandemia

Desde sua criação, o IEV se posiciona como uma empresa focada em desenvolvimento, postura que adotou também internamente. Para a empresa, a situação de transformação causada pela pandemia exigia um fortalecimento da equipe, que tem sua base na educação corporativa.

Atualmente, todos os colaboradores do IEV dedicam uma hora da jornada de trabalho para o treinamento diário. Os temas abordados variam de acordo com cada setor, e abordam desde habilidades específicas à saúde mental no trabalho e na vida pessoal.

Treinamento geral

Todas as quartas-feiras, os colaboradores participam de um treinamento geral. A ação, que começou por chamadas de vídeo, é um dos principais pontos de contato e melhoria coletiva dos colaboradores.

Foto: acervo do IEV/ Treinamento geral com a equipe do IEV

A volta à casa

Dentro do quadro de ações que levaram o IEV à conquista da GPTW, a coordenadora relata a importância de entender como os colaboradores se sentiam, principalmente em relação à segurança no trabalho. Conforme a diminuição das restrições causadas pelo coronavírus, um dos pontos de atenção da empresa foi a volta ao ambiente presencial.

“Antes de começar o trabalho, busquei conhecer cada colaborador, o tempo de casa, como eles se sentiam ao retornar para o ambiente físico. Então, viemos fazendo várias comunicações para tornar um ambiente comunitário onde todos se sentissem parte disso e acolhidos […] Retornamos com as ações comemorativas, as ações de aniversário, a roda do elogio toda quinta-feira, o treinamento diário, e fomos introduzindo isso aos pouquinhos, o que fez com que o time se aproximasse. Todas essas são ações que nos fizeram caminhar para a GPTW”, destacou a coordenadora.

Ações de descontração

O IEV foi criado com o objetivo de se diferenciar dos ambientes de trabalho no mercado. Para atingir esse objetivo, um dos pilares da empresa sempre foi um local confortável, onde o colaborador se sinta verdadeiramente acolhido. 

Para promover o relaxamento nos momentos de descanso, a empresa criou um ambiente recreativo com jogos, video-games, mesas de sinuca e tênis de mesa. Em momento de pandemia, o IEV inovou e promoveu ações relacionadas aos valores dos colaboradores.

Foto: acervo do IEV/ Ioga no IEV

Confiança total e sentimento de dono

Dentre os sete princípios que guiam a escola de vendas, o empoderamento dos colaboradores baseia dois deles: a confiança total e o sentimento de dono. Com foco em fortalecê-los, durante a pandemia, foi criada a Roda do Elogio. Toda quinta-feira, às 8h da manhã, os colaboradores se reúnem para reconhecer as conquistas pessoais e coletivas.

Foto: acervo do IEV/ Roda do elogio

Os próximos passos

“O nosso trabalho não para por aí. Nós queremos subir a nota, queremos que os colaboradores todos os dias possam entrar e pensar que esse é um lugar que me ouve, me acolhe, que esse é um lugar onde eu posso contar com as pessoas que estão ao meu lado. Então, para o IEV, essa é uma conquista muito forte, que acreditamos e temos muito orgulho do que estamos construindo”, finalizou Joyce.

Sobre o IEV

O Instituto de Especialização em Vendas valoriza o que proporciona verdadeiros resultados: as pessoas. Desde que foi criada, em 2014, a maior escola de vendas do Brasil já formou mais de 20 mil alunos, proporcionando uma nova visão sobre a educação comercial. Para o IEV, vendas é ciência e, a partir do conhecimento, procura cumprir sua missão, transformar o mundo através das vendas.