Liderança de alta performance: 4 características que você encontra em um profissional nato

Liderança de alta performance: 4 características que você encontra em um profissional nato

Sabe aquele líder que você ovaciona, bate palmas pelo seu desempenho e deseja ser igual a ele? Pode apostar que esse profissional é característico de alguém com liderança de alta performance.

Um líder desse porte motiva seus colaboradores a conquistar os melhores resultados, pois seu foco vai além do objetivo de atingir a meta de vendas, aumentar o ticket médio ou fidelizar clientes, acima de tudo, ele deseja ser reconhecido pelas próprias habilidades. 

Agora responda: você é um líder de alta performance ou deseja ser? Se a dúvida é corriqueira, neste artigo nós vamos explicar como ser um bom líder de vendas e em outras áreas no mercado de trabalho. Vamos lá?

O que é liderança de alta performance?

A liderança de alta performance é um processo relacionado a desenvolver novas técnicas em uma equipe de vendas ou de qualquer outra esfera. Esse tipo de profissional sofre com a pressão do dia a dia de um cargo exigente, porém a adrenalina presente na rotina encoraja à conquista dos resultados satisfatórios.

Nessa perspectiva, outro ponto encontrado é o fato de que o líder contribui para o crescimento de seus funcionários, o que comprova a linha de que uma liderança de alta performance não está somente no DNA, isto é, ela também pode ser desenvolvida.

Quais são as 4 características de uma liderança de alta performance?

1. Ensinar os demais a sair da mesmice

Joe Namath, ex-jogador de futebol norte americano que comandou grandes times na década de 70, costuma dizer que “para ser um líder, você tem que fazer as pessoas quererem te seguir, e ninguém quer seguir alguém que não sabe onde está indo.”

Essa frase também define como ser um bom líder de vendas. O profissional desenvolve movimentos extraordinários no trabalho e, em muitos casos, conduz seu brilhantismo também na vida pessoal, como na coordenação de tarefas de casa, pagamento de contas, etc.

Por fim, ele inspira os empregados a elevar a capacidade de persuasão em prol do crescimento interno. Existem colaboradores que esperam a tomada de decisões do líder que, por sua vez, não entrega respostas prontas, mas ajuda na descoberta do melhor caminho.

2. Comandar o time com rigor

Se você pensa que o bom comando de uma liderança em vendas é feito através de gritos ou de semblante fechado, está muito enganado. Um líder não precisa de rigidez para conquistar autoridade, e sim, com sua naturalidade ele instiga os funcionários a mostrar mais do que apenas o básico.

Por exemplo, se a meta de um vendedor em um dia é de que x produtos sejam levados da loja pelos clientes, sem desgaste físico ou psicológico, o líder estimula para que produtos e também não façam mais parte do estoque.

Sendo assim, entende-se que uma liderança de alta performance proporciona o reconhecimento em público do colaborador quando a meta é atingida como estipulada. Esse tipo de ação gera maior produtividade da equipe e condicionamento acima da média dos outros integrantes.

Por outro lado, os que não atingiram o limite mínimo passarão por uma conversa individual para empenhar-se melhor. Essa atitude elimina o ostracismo e provoca a ideia de superar-se. 

3. Focar nos objetivos

Um ponto interessante sobre a liderança de alta performance é a busca pela atenção total sobre aquilo que almeja. O profissional consegue gerenciar e realizar suas atividades sem se desviar de acontecimentos que provoquem negatividade física e emocional.

Em outras palavras, eles focam no estímulo da equipe. Essa característica se comprova de acordo com uma pesquisa realizada pelo PageGroup em parceria com o Centro de Liderança da Fundação Dom Cabral, onde cerca de 40% dos líderes entrevistados relataram que durante períodos turbulentos, como o início da pandemia do Coronavírus, eles conseguiram tomar decisões com maior rapidez do que em situações típicas no mundo das vendas.

Esse percentual demonstra concentração superior mesmo diante de um problema agravante na sociedade.

4. Capacitar a habilidade de coaching

Quando se pergunta o que leva à liderança de alta performance, é importante destacar a técnica de coaching de vendas. O profissional que trabalha essa característica aconselha os demais a partir das próprias experiências adquiridas ao longo da jornada.

Como ser um líder que ajuda seu liderado?

Como vimos anteriormente, na liderança de alta performance, o profissional tem como competência auxiliar os liderados a aprimorar suas aptidões. Logo, o bom líder deve:

  • Ajudar a conhecer os próprios talentos;
  • Motivar a inteligência emocional;
  • Não deve apenas ditar ordens e regras, e sim, ensiná-lo;
  • Ajudar a descobrir as insuficiências que prejudicam sua performance;
  • Auxiliar a fazer as escolhas certas sobre seus objetivos pessoais e profissionais;
  • Comemorar as realizações do colaborador com ele;
  • Não julgá-lo. Pelo contrário, deve incentivá-lo a buscar a autoconfiança e independência.

Como treinar a liderança de alta performance?

Percebeu como a liderança de alta performance pode ser aplicada no dia a dia? Muitos líderes desenvolvem o poder de ser acima da média com aprendizado.

É pensando em você que busca o aperfeiçoamento em vendas que os cursos de especialização em vendas do IEV foram feitos. 

Desde 2014, o instituto prepara líderes para aumentar sua performance. Lembra quando abordamos as técnicas de coaching? Este é um dos pontos que pode ser desenvolvido no Programa de Desenvolvimento Comercial. E ao longo de um ano, você e sua equipe conseguirão atingir os objetivos de vendas.

No PDC, além de diversos treinamentos e consultorias direcionadas para líderes e vendedores, a sua empresa terá mentoria de vendas, avaliação de perfil de vendedores e muito mais para a criação e desenvolvimento da sua área de vendas. Viu como é possível crescer?

Não perca tempo! Entre em contato agora mesmo com o IEV. Esperamos por você!