Melhores empresas para trabalhar: como ser uma delas

Melhores empresas para trabalhar: como ser uma delas

Fazer parte das melhores empresas para trabalhar não é fácil, mas é possível seguindo alguns critérios. Hoje, neste blog, você vai descobrir como transformar o seu negócio em um lugar excelente para os seus colaboradores. 

O que é Great Place To Work?

A Great Place To Work é a  encarregada de dar o selo GPTW e premiar as melhores empresas para trabalhar por setor do Brasil e da América Latina. Além disso, é uma multinacional que presta consultoria ao redor do mundo para ajudar empresários a tornarem o seu local de trabalho mais agradável para os funcionários. 

Como faz para participar da Great Place To Work e ser uma das melhores empresas para trabalhar?

Primeiro é necessário adquirir um plano, chamado de jornada, para que a GPTW possa avaliar a sua empresa e a opinião dos seus colaboradores. Embora seja a Great Place to Work que dê o selo, são os seus funcionários que determinam se o seu negócio está entre as melhores empresas para trabalhar.

O teste com a equipe visa descobrir se os colaboradores confiam nas pessoas para quem trabalham, sentem orgulho do que fazem, e apreciam aos colegas de trabalho. 

Se a empresa receber uma nota acima de 70, ou seja 7 em cada 10 colaboradores consideram a sua empresa um ambiente bom para trabalhar, então, ela concorre a premiação e pode fazer parte do ranking.  

A posição do ranking será calculada baseada na avaliação dos funcionários e na documentação de avaliação de práticas culturais/questionários complementares. Depois, é só fazer o uso do selo do ano em que você ganhou a certificação GPTW. 

Melhores empresas para trabalhar: credibilidade

Nesse quesito é avaliado se os funcionários têm confiança nos seus gestores. Para ser uma das melhores empresas para trabalhar é muito importante manter uma comunicação aberta com os seus colaboradores. 

Os gestores devem fornecer aos empregados informações constantes, principalmente, quando elas podem impactar o trabalho e o negócio como um todo. Além disso, é essencial informá-los sobre o que é esperado deles e como é desejado que eles desempenhem suas funções e contribuam com a organização.

A acessibilidade também é um quesito muito importante para determinar se a empresa é um bom lugar para desempenhar as atividades profissionais.  Os colaboradores precisam se sentir confortáveis para solicitar informações e devem recebê-las de forma clara e direta.  Além disso, os gestores precisam estar disponíveis e interessados em conversar. 

Liderança

É necessário que os gestores tenham capacidade de gerir o negócio; contratem colaboradores que preencham as necessidades da empresa. É também essencial que prezem pela capacidade, mas também considerem o ajuste cultural na hora de contratar um novo funcionários. É imprescindível que confiem no trabalho da equipe e não precisem fazer supervisões desnecessárias ou intrusivas; deleguem as atividades e as pessoas tenham autonomia e visão sobre a empresa. 

Além disso, para fazer parte das melhores empresas para trabalhar, os negócios precisam contar com gestores que cumprem o que prometem, agem de acordo com o que falam, só promovam reduções do quadro de funcionários em último caso e que agem de forma ética e honesta. 

Respeito

É essencial que os colaboradores se sintam respeitados dentro da empresa. Por isso, para receber a certificação GPTW, também são avaliados a valorização dos profissionais, o oferecimento de treinamentos e os equipamentos necessários para desenvolver as atividades exigidas. 

Também conta se os gestores agradecem pelo trabalho bem feito e o esforço extra e se reconhecem que erros não intencionais fazem parte do negócio.  

Na categoria “respeito”, também são analisados se os gestores aceitam e incentivam as ideias e sugestões e se envolvem os funcionários em decisões que afetam o seu trabalho. 

Além disso, o ambiente de trabalho precisa ser seguro,  tanto fisicamente quanto psicologicamente. As melhores empresas para trabalhar também encorajam as pessoas a equilibrar a sua vida pessoal e profissional, se interessam pela vida dos profissionais, oferecem benefícios diferenciados e concedem folgas em casos de problemas pessoais ocasionais e inesperados. 

Imparcialidade

Uma empresa boa para trabalhar precisa ser justa. Assim, é imprescindível que as pessoas sejam pagas adequadamente pelos serviços que desempenham, tenham a mesma chance de receber reconhecimento e se sintam importantes independente da posição que ocupam. 

Ademais, as promoções devem ser dadas para os funcionários que realmente merecem, os chefes devem evitar favoritismo e as colaboradores não devem fazer “politicagem” e intrigas para obter resultados. 

As pessoas precisam ser bem tratadas independente da idade, cor ou etnia, gênero e orientação sexual. Caso isso não ocorra, o colaborador deve se sentir a vontade para expressar que foi tratado injustamente e deve começar a receber um tratamento justo. 

Orgulho

Este é o quesito que mede se um funcionário tem orgulho do seu trabalho e não acredita que este é só mais um emprego. O colaborador precisa sentir que faz diferença e que a sua atividade tem um sentido especial. Além disso, precisa sentir orgulho sobre o que está sendo feito pela empresa e pela equipe  e que as pessoas estão dispostas a dar o máximo de si para entregar um bom trabalho. 

Para fazer que o seu negócio faça parte das melhores empresas para trabalhar, os funcionários precisam pretender trabalhar por muitos anos para a empresa, ter orgulho de contar onde trabalham, terem vontade de ir trabalhar e se sentirem bem pela forma como a empresa contribui para a comunidade.  

Camaradagem

A camaradagem é um dos principais aspectos para medir o bem-estar do funcionário na instituição. Assim, para fazer parte das melhores empresas para trabalhar é preciso que os colaboradores sintam que podem ser eles mesmos, que celebrem juntos ocasiões especiais e que sintam que as pessoas se importam umas com as outras. 

Além disso, o ambiente de trabalho deve ser amistoso e descontraído. As pessoas quando entram na empresa se sentem bem-vindas e quando trocam de cargo ou função se sentem “em casa”. 

As melhores corporações para trabalhar são aquelas em que existe sentimento de “família” ou “equipe”, que estão todos no mesmo barco e que sempre é possível contar com a colaboração das pessoas.  

Não é fácil cumprir com todos os requisitos da lista, mas é essencial tentar tornar um ambiente de trabalho mais agradável para os colaboradores. Assim, as corporações diminuem a rotatividade de funcionários e ganham em produtividade e satisfação dos funcionários. 

Ser uma das melhores empresas para trabalhar é muito mais que um título, mas uma demonstração que o negócio se importa com as vidas que trabalham no local. 

O IEV, Instituto de Especialização em Vendas, faz parte da lista de empresas com certificação GPTW.  Quer saber mais sobre empresas que conquistaram este selo? Então confira: 

As melhores empresas para trabalhar no varejo em 2019

O principal critério usado foi a diversidade, ponto em que o varejo se destaca, por conta da alta representatividade feminina, 56% do corpo de funcionários, e contratação de jovens, 39%. Porém, o setor ainda tem o grande desafio de as levar mulheres às posições de liderança: elas ocupam apenas 14% dos cargos de comando no setor. 

Neste ano, 212 empresas se inscreveram no GPTW, mas apenas 50 foram premiadas, divididas entre as categorias Pequenas e Médias Empresas, e Grandes Empresas.

No topo do ranking temos:

Levvo – Pequenas e Médias Empresas

A Levvo, empresa que possui 23 franquias do McDonald’s, foi eleita a melhor varejista para trabalhar entre as Pequenas e Médias Empresas, com uma filosofia de desenvolvimento pessoal e cuidado com o meio ambiente.

A empresa contratou seis pessoas refugiadas e outros seis colaboradores transgênero, reforçando seu compromisso com a diversidade dentro da organização. “Nossa governança é composta por 75% de mulheres e pessoas negras representam 65% do nosso quadro”, completa Laura Ribeiro, CEO da Levvo.

As empresas que seguem o top 10 são: McDonald’s Franquia Pernambuco; Comunicare Comércio de Aparelhos Auditivos; CNA – Inglês Definitivo; IBAGY Imóveis; HURB – Hotel Urbano; STECAR Mercedes; INGRAM MICRO; RIVESA e SbTur.

Magazine Luiza – Grandes Empresas

O objetivo do Magazine Luiza é ser uma grande rede de e-commerce, com centros de distribuição que são pontos de calor humano. No quadro de funcionários, também há reflexos dessa humanização da empresa, com a maior diversidade possível no preenchimento das vagas.

“O que mais estimulamos é a diversidade de ideias e é por isto que os resultados aparecem”, declara Patricia Pugas, diretora executiva de Gestão de Pessoas do Magazine Luiza.

Entre as iniciativas de destaque, o Magalu promoveu um processo de seleção de trainees às cegas. A intenção da empresa é dar acesso às oportunidades para todos, pois acredita que equipes mais diversas são também mais produtivas.

O ranking segue com: GAZIN; Leroy Merlin; Mercadinhos São Luiz; PREZUNIC; McDonald’s; Ancar Ivanhoe; Riachuelo; Havan e Grupo Saga.

LEIA MAIS: Retrospectiva: principais tendências de marketing em 2019

Siga nossas redes: Facebook e Instagram