Qual a importância do treinamento para empresas? Tipos + temas

Solicitar que um colaborador realize uma tarefa em que ele não sabe como fazer pode trazer impactos negativos no negócio. Mas existem alternativas para resolver essa questão, certo? Uma delas seria ter alguém para desenvolvê-lo.

Uma outra opção, que pode trazer muito mais vantagens para todos os funcionários, é realizar treinamentos para empresas. Além de focar em temas relevantes para todo o grupo, ainda permite que mais pessoas façam parte dessa estratégia.

Sabemos que adquirir novos conhecimentos nunca é demais e a verdade é que a  capacitação é uma das principais maneiras de fazer com que o negócio alcance maiores níveis de eficiência.

Inclusive, essa é uma questão que vem ganhando cada vez mais relevância no cenário empresarial. Segundo uma pesquisa, 86% das companhias possuem um orçamento destinado apenas para o treinamento dos colaboradores.

Ou seja, conhecer os principais tipos e temas de treinamentos para empresas e, principalmente, como implementá-los com sucesso, é uma das formas de alcançar bons resultados.

Quer saber mais sobre como é feito e quais os treinamentos mais solicitados pelas empresas? As vantagens de desenvolver uma estratégia desse tipo? Falaremos sobre isso neste artigo. Continue a leitura!

Qual a importância do treinamento e desenvolvimento para empresas?

Mais do que oferecer um salário justo, bonificações e um bom ambiente de trabalho, é fundamental que as organizações se preocupem em dar aos seus colaboradores recursos e conhecimentos suficientes para que eles consigam realizar suas tarefas com eficiência e qualidade.

Com essa ideia, já dá para entender alguns dos principais benefícios em pensar como elaborar um programa de treinamento para a empresa. Mas, antes disso, vamos conhecer a importância de investir nessa abordagem.

  • Aumento da produtividade: além de oferecer maior capacitação, o que já permite o aumento da produtividade, esse tipo de dedicação por parte da organização faz com que os funcionários se sintam mais motivados, trabalhando melhor;
  • Vantagem competitiva: a competitividade do mercado faz com que investir em diferentes tipos de treinamentos para empresas se torne uma questão de estratégia empresarial. Afinal, não tem como esperar o melhor desempenho de seu colaboradores se não forem dadas as ferramentas certas – ou os conhecimentos certos – para isso;
  • Alcance das metas: ao capacitar a equipe, você faz com que eles se sintam mais motivados e tenham mais autonomia para desempenhar suas funções com alta performance;
  • Diminui a rotatividade: a partir do momento em que as organizações investem em treinamentos personalizados, fazem com que os funcionários se sintam mais valorizados, criando um melhor ambiente interno. 

Essas são apenas algumas das principais razões que nos fazem entender a importância para as empresas. Agora, vamos conhecer um pouco mais sobre os diferentes tipos de treinamentos.

Quais os tipos de treinamentos para empresas?

Onboarding

Um novo funcionário é contratado. O que você faz com ele? Mostra a empresa, apresenta-o ao líder, faz uma integração com o restante da equipe? Além disso, é essencial que exista uma preparação antes de colocá-lo para trabalhar, para que ele entenda como funcionam os processos internos.

É nesse sentido que entendemos a relevância do treinamento de onboarding. Além de permitir que o novo colaborador conheça as outras pessoas, também é o momento ideal para transmitir a missão, visão e valores, além da cultura organizacional.

A integração corporativa também serve para que o funcionário conheça as normas e regras da empresa, entenda os seus processos e esteja alinhado aos propósitos da organização.

Desenvolvimento de competências

Algo que tem chamado cada vez mais a atenção do mercado empresarial são as competências comportamentais, conhecidas também como soft skills

Essas habilidades sociais são priorizadas quando pensamos em um ambiente de trabalho harmonioso e até mesmo na eficiência de uma equipe. Mas, mais do que isso, esse tipo de treinamento para empresas é essencial para estabelecer a cultura organizacional que o negócio deseja ter.

Entre as competências que podem ser desenvolvidas, inclui-se:

  • Inteligência emocional;
  • Comunicação interpessoal;
  • Ética;
  • Cooperação entre colaboradores;
  • Empatia;
  • Proatividade.

Além disso, aqui também destacamos a importância do treinamento de liderança, principalmente quando consideramos que inúmeras dessas soft skills são relevantes para que o líder desempenhe o seu papel com eficiência.

Treinamentos técnicos 

Tão importante quanto as competências comportamentais são as habilidades técnicas, conhecidas também como hard skills. A verdade é que o combo dos dois é o que faz um colaborador ter uma boa performance em seu trabalho.

Esse tipo de treinamento pode variar de acordo com a necessidade dos seus colaboradores. Por exemplo, pode ser algo pontual para conhecer uma nova ferramenta ou habilidade para o trabalho.

Ou, então, pode ser um curso de vendas para reforçar os conhecimentos já adquiridos e até mesmo para familiarizar-se com novas técnicas. 

Independentemente do motivo, são importantes para que os funcionários realizem suas atividades com mais eficiência, além de permitir que eles tenham uma boa bagagem de conhecimento para bater e superar as metas.

Lembre-se de que adquirir novos aprendizados é essencial para qualquer área, inclusive para vendedores que desejam se manter atualizados e que querem contribuir para o crescimento competitivo da empresa.

Pensando em todas essas questões, conheça o e-book Treinamento de vendas: como desenvolver equipes de elite. Nele, você verá:

  • Quais os resultados de investir no treinamento em vendas;
  • Como aumentar as suas vendas com o treinamento;
  • Por que o treinamento em vendas é uma tendência mundial;
  • Como implementar um treinamento em vendas na sua empresa e mais!

Agora que já conhecemos os principais tipos, fica a pergunta: mas como é feito um treinamento em uma empresa? Quais passos devemos considerar para que isso seja feito de maneira bem-sucedida? Separamos algumas dicas, confira.

Como elaborar um programa de treinamento para empresa?

Passo 1: Diagnóstico e planejamento

Para definir o melhor treinamento é necessário entender quais colaboradores serão treinados e, principalmente, quais são as necessidades deles. O onboarding tem uma dinâmica muito diferente de um curso para vendedores, por exemplo.

Essa primeira etapa é fundamental para o sucesso da estratégia. O treinamento não é algo que pode ser definido em apenas uma reunião, mas deve ter todo um planejamento por trás. 

Por isso, além de definir quem serão os participantes, reflita sobre os problemas que podem ser resolvidos e quais os objetivos que se deseja alcançar.

Para te ajudar, podemos pensar em quais os treinamentos mais solicitados pelas empresas. Entre os temas mais procurados, ressaltamos:

  • Trabalho em equipe;
  • Produtividade e organização;
  • Liderança;
  • Vendas e relacionamento com o cliente;
  • Planejamento estratégico.

Outro ponto que devemos refletir é em relação a quanto custa um treinamento para empresas e, principalmente, qual é a verba que seu negócio tem disponível no momento. É fundamental ter isso definido previamente, já que pode influenciar no planejamento.

Passo 2: Elaboração e desenvolvimento

Tendo isso estabelecido, é o momento de determinar os temas, quantos encontros devem ocorrer para chegar a todos os pontos definidos e, então, os assuntos de cada aula.

É importante que o responsável pelo desenvolvimento esteja presente tanto na etapa de planejamento quanto na elaboração do treinamento para a sua empresa. 

Como ressaltamos em relação à verba disponível para realizar os treinamentos, essa questão pode fazer a diferença entre contratar um especialista no assunto ou optar por alguém interno para ministrar o treinamento, por exemplo.

Pode ser alguém da própria organização, como um líder ou gestor, ou um profissional externo, para trazer uma nova visão aos colaboradores e à própria gestão.

O Instituto de Especialização em Vendas (IEV), por exemplo, conta com treinamentos que ampliam o campo de visão de líderes e equipes comerciais, com metodologias práticas e aplicáveis.

Passo 3: Aplicação e mensuração

Por fim, como última etapa, temos a aplicação do treinamento. Dependendo do planejamento proposto, pode durar dias ou semanas. Isso vai variar de acordo com o tipo, objetivo e grau de especialização que se deseja alcançar.

Um ponto vital nessa relação é estar disposto a receber feedbacks dos colaboradores sobre os treinamentos, ouvindo-os com atenção sobre quais são os pontos que podem ser melhorados e até mesmo pedir por sugestões para próximas capacitações.

Além disso, devemos analisar os resultados após o evento. Será que os líderes sentiram diferença no comportamento dos colaboradores? Há uma relação diferente com o trabalho? Os resultados estão chegando? Tudo isso deve ser analisado para medir a eficiência do treinamento.

Conheça mais sobre treinamentos de vendas para empresas

Para ter acesso ao melhor treinamento de vendas, está na hora de conhecer o IEV, fundado em 2014 por Victor Vieira, referência em vendas. A maior escola de vendas do Brasil oferece diversos tipos de treinamentos de vendas para diferentes necessidades. 

Com vasta experiência na área, o Instituto de Especialização em Vendas conta com uma metodologia exclusiva para profissionalizar os vendedores e ajudar as empresas a venderem mais e melhor. 

O IEV também oferece suporte aos gestores, para que eles consigam superar os vários desafios que o mercado apresenta. E, para uma solução ainda mais completa, a nossa recomendação é o Programa de Desenvolvimento Comercial

Ao longo de 12 meses, os especialistas do IEV fazem uma análise completa da sua empresa, reconhecendo e trabalhando os pontos fracos e oportunidades estratégicas. O processo inclui a definição de táticas especialistas para o seu crescimento  e, claro, treinamentos em vendas para os profissionais do setor comercial. 

Conheça as nossas soluções e proporcione o desenvolvimento da sua equipe — e da sua empresa!