Como aumentar o fluxo de clientes na loja

Como aumentar o fluxo de clientes na loja

Saber como aumentar o fluxo de clientes na loja é uma das maiores preocupações de um gestor. Afinal, conquistar novos consumidores gera resultados positivos para toda a empresa. 

Quando há mais possíveis compradores chegando, o negócio tende alcançar um faturamento maior, o que também contribui para a elevação da presença da marca no mercado

Mas, antes de saber como aumentar o fluxo de clientes na loja, vamos entender o que é isso.

O que é fluxo de clientes?

Em resumo, o fluxo de clientes é, de forma literal, a entrada e saída deles da loja. Ou seja, a quantidade de pessoas que passa pelo estabelecimento. 

Mas, há alguns outros pontos a se considerar: 

  • Os visitantes, aqueles que apenas aparecem para “dar uma olhadinha”, ainda não são clientes; 
  • Os clientes são os consumidores da marca.

Ou seja, podemos dizer que existe o movimento de visitantes e o de consumidores. Mas, a ideia é saber como aumentar o fluxo de clientes na loja e, para isso, é necessário atrair cada vez mais pessoas. 

Como aumentar o fluxo de clientes na loja

Existem algumas práticas a serem feitas em relação ao espaço físico e outras em relação às atitudes do time comercial. Mas, no final todas respondem à pergunta “como aumentar o fluxo de clientes na loja?”.

1 – Cuide da apresentação do estabelecimento

Em primeiro lugar, é preciso considerar que um consumidor pode conhecer a marca previamente à loja, mas muitos têm o primeiro contato com a empresa ao passar pela frente do estabelecimento. Por isso, é importante cuidar da apresentação física dele.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae, uma vitrine atraente é capaz aumentar as vendas em até 40%. Assim, é necessário investir em ações para melhorar a apresentação visual em relação à estrutura e aos produtos vendidos. Algumas dicas para realizar isso são:

  • Tema: faça a vitrine de acordo com a identidade da loja. Por exemplo, se for um estabelecimento que vende roupas de banho, uma boa atitude é investir em ambientes que remetem ao mar, à piscina, por exemplo.
  • Disposição dos produtos: fuja do tradicional e coloque mais do que apenas os itens à venda, também monte a vitrine com elementos inusitados e que façam parte da proposta da marca. Mas, além disso, mude os locais que cada produto fica, faça testes e analise os resultados.
  • Iluminação: um ambiente iluminado é mais visto. Porém, também é possível deixá-lo mais sofisticado com luzes amareladas que lembram a chama das velas ou mais contemporâneos com luzes coloridas, por exemplo. O importante é, independente do objetivo, sempre deixar uma vitrine à vista dos clientes. 

2 – Crie uma boa primeira impressão

Sim, a primeira impressão é a que fica. A vitrine proporciona um contato visual primário da loja, mas aqui vamos falar especificamente da primeira impressão de um cliente em relação à empresa. 

De acordo com um estudo realizado na Universidade de Glasgow, na Grã-Bretanha, um simples “olá” já é o suficiente para tirar conclusões sobre a personalidade de alguém e julgarmos se podemos confiar nessa pessoa. Ou seja, o time comercial passa confiança aos visitantes da loja?

É necessário alinhar o atendimento ao cliente com todos os vendedores. Mas, não é somente demonstrar simpatia, é também o como abordar, a postura, a entonação da voz. Tudo contribui para a causa.

Agora, falando em corporação, quais atitudes a sua loja tem no mercado que chegam às pessoas? Também é necessário se preocupar com as atitudes públicas da marca, como a participação de ações sociais, por exemplo.

3 – Crie campanhas atrativas

Aumentar o fluxo de clientes na loja também está ligado à oportunidade que o consumidor tem de ganhar algo. E, para isso, existem estratégias para chamar a atenção dele.

Uma maneira de realizar isso é criar um programa de fidelidade. Essa tática visa oferecer algo em troca da lealdade do cliente. Existem diferentes formas desse programa, as mais comuns são:

  • Cartão fidelidade;
  • Programa de cashback;
  • Programa de coalizão.

Quando você cria propostas que chamem a atenção das pessoas e aumenta a visibilidade da empresa no mercado, o aumento de cliente vem como consequência.

4 – Estimule a indicação

Esse tópico também pode ser um programa de fidelização de clientes. Afinal, você consegue fazer uma campanha como: “ao indicar um amigo e ele realizar a compra, você ganha X benefício”. 

Porém, não existem outras formas de estimular a indicação na loja. Outra maneira muito eficaz é trabalhar com excelência para que esse processo aconteça naturalmente. Mas, para isso ser possível é preciso que o consumidor se identifique fortemente com a marca

Agora, você pode se perguntar. Como fazer isso? O próximo tópico responde essa pergunta. 

5 – Gere valor nos produtos

Criar valor em um produto é oferecer mais que um objeto ou serviço, é proporcionar ao cliente a oportunidade de ele solucionar seus problemas com essa compra e, ainda, ter a sensação de que foi beneficiado.

Em primeiro lugar, para gerar valor no que é vendido, é preciso ter muito bem definido esse objeto ou serviço no momento de oferecê-lo ao cliente, dar enfoque nos benefícios e diferenciais, não nas características.

Em segundo lugar, pense estrategicamente no que agregar ao produto para aumentar o valor dele ― não é no sentido financeiro, mas sim no sentido de o quão aquela solução o impactará. Algumas alternativas para realizar isso são:

  • Fazer combos promocionais;
  • Dar um brinde que faça sentido para o consumidor. Por exemplo, se a loja vender vinhos, um presente interessante seria um saca-rolhas.

6 – Faça marketing virtual

O marketing digital é uma importante ferramenta para atrair mais pessoas para sua loja. Com ele, é possível criar estratégicas com o uso das redes sociais, anúncios e conteúdos ricos para divulgação da marca. 

Algumas estratégias para realizar isso são:

  • Estar presente nas redes sociais, oferecendo conteúdos que interessam para o público que deseja atrair;
  • Oferecer conteúdos ricos, como e-books, planilhas e textos altamente informativos sobre o nicho da marca;
  • Criar anúncios pagos nos canais que seu público está, como o Facebook e Youtube, por exemplo.

A ideia é que, quando uma pessoa pesquise na internet sobre um produto ou solução que exista na sua loja, ela encontre como sugestão sua marca, seja por resultados de uma pesquisa no Google ou anúncios nas plataformas. Aumentando a visibilidade da marca, você aumenta o movimento de clientes na loja física.

7 – Treine a equipe

Em último lugar, treine a sua equipe comercial. Quando os vendedores são capacitados a realizarem as vendas da melhor maneira possível, há mais retenção de clientes, o que contribui para a popularidade da loja.

Ou seja, sendo mais visível, mais pessoas procurarão por ela, o que ajuda no aumento do fluxo de clientes.

Acesse nossa página de cursos e conheça as soluções comerciais que temos para você.

Lembre-se, tudo é escalonado. Adote cada uma dessas ações e consiga aumentar o fluxo de clientes na loja, bem como a quantidade de pessoas que se tornarão clientes.