Como um sistema de vendas pode trazer retorno positivo para o seu negócio

Como um sistema de vendas pode trazer retorno positivo para o seu negócio

Não é de hoje que as novidades tecnológicas trazem novas formas de otimizar as vendas. As empresas têm buscado maneiras práticas para agilizar os processos operacionais. Nessa perspectiva, um sistema de vendas entra em cena como alternativa para gestão e acompanhamento dos resultados comerciais.

No mercado em evolução, quem não conta com sistemas de análise e controle, dificilmente potencializa resultados. Por outro lado, muitos usuários não sabem como utilizá-los, impactando no acompanhamento das vendas.  

Portanto, se você quer aprender as funcionalidades de um sistema de controle de vendas, neste artigo vamos trazer essas e mais informações.

Boa leitura!

O que é um sistema de vendas?

O sistema de vendas é uma ferramenta que auxilia vendedores e gestores no gerenciamento de todo o processo comercial. Ele é um software de gestão de vendas que tem como benefícios integrar compras, pagamentos, recebimentos e estoques dos produtos.  

Esse sistema comercial também é conhecido por CRM (Customer Relationship Management, termo em inglês que corresponde à Gestão de Relacionamento com o Cliente) de Vendas. Ele possui o cadastro dos clientes e a análise detalhada de relatórios que constam informações como vendas realizadas, receita gerada, o ticket médio, entre outros. 

Por exemplo, em um sistema de vendas completo, um gestor pode verificar a lucratividade ou o prejuízo da loja por dia, semana, por colaborador, pelo produto ou serviço oferecido.

De acordo com a pesquisa do Aberdeen Group, 52% dos vendedores atingem metas com um CRM integrado adequadamente. A mesma estatística também revela que companhias que contém um sistema correto têm taxas de renovação de vendas 19% a mais do que as que não utilizam o mesmo método.

Quais são as funções de um sistema de vendas?

Uma ferramenta integrada possui diversas funcionalidades que contribuem para a tomada de decisões. Veja quais são:

1. Organização de informações

Perda de tempo nunca trouxe resultados satisfatórios, por conta disso, uma das vantagens de um CRM é listar todas as informações das vendas para agilizar o processo, que ajudará a ampliar o campo de visão dos gestores. 

2. Follow-up

Fundamental nos programas de CRM, o follow-up (acompanhamento) possibilita que o processo de vendas seja supervisionado desde o planejamento até o pós-venda. Essa função permite o envio de mensagens automáticas por e-mail ou por mensagens de texto, facilitando o dia a dia da comunicação com o cliente. 

Segundo os dados do blog BDX, 48% dos vendedores nunca fazem follow-up, enquanto 25% apostam apenas em duas tentativas de contato com o lead.

3. Monitoramento do funil de vendas

Um sistema de vendas qualificado garante a análise do pipeline (ferramenta que reúne os prospects de uma empresa) e o entendimento das reais necessidades do consumidor para, assim, criar estratégias de finalização da compra.

Infelizmente, algumas empresas não se beneficiam de todo o potencial oferecido por um sistema desse tipo. E o problema está na falta de estruturação de um bom funil de vendas.

Neste caso, contratar uma empresa que eduque profissionais para buscar resultados mais decisivos é uma estratégia interessante. Como, por exemplo, o Instituto de Especialização em Vendas (IEV) que oferece diversos cursos na área de vendas e tudo é personalizado de acordo com os principais desafios do seu negócio.

4. Integração com sistemas ERP

Ferramentas ERP SaaS (Software as a Service, termo em inglês conhecido no Brasil como distribuição e comercialização de software) ajudam na gestão financeira das empresas. 

Nessa linha, os sistemas de ERP (Enterprise Resource Planning, ou Sistema de Gestão Empresarial) centralizam todas as atividades administrativas de uma empresa, integrando as áreas de vendas, finanças, fiscal, contabilidade, estoque, entre outras. 

3 perguntas para fazer antes de contratar um sistema de vendas

Antes de assumir um compromisso com um sistema comercial, pergunte quais funcionalidades são imprescindíveis para a sua organização:

1. Existe um cadastro de clientes?

Planilhas à mão ou em computadores já é coisa do passado, pois além de poder conter dados duplicados, ainda possuem cadastros com endereços antigos. Por essa razão, com um sistema de vendas, vendedores e gestores têm acesso às informações atualizadas de forma remota e rápida. 

2. É compatível com dispositivos móveis?

Embora a sua equipe tenha acesso à distância, um sistema de vendas deve estar adaptado aos dispositivos móveis, como tablets e celulares. Além disso, é imprescindível contar com acesso à internet que suporte o envio e compartilhamento de dados.

3. O sistema armazena os e-mails dos clientes?

Como vimos anteriormente, o follow-up é essencial para uma comunicação direta com o consumidor. No entanto, por conta do grande número de e-mails trocados, é possível esquecer os que foram enviados para a pessoa certa, como os arquivados na caixa de entrada.

Por essa razão, um sistema de controle de vendas que guarda todas as mensagens realizadas com os clientes agiliza o processo de negociação. Ele também ganha tempo sem precisar do tradicional “copia e cola”.

Como vender mais com um sistema de vendas?

Agora você já sabe que o sistema de vendas é fundamental para melhorar o relacionamento com o cliente e tornar uma empresa mais rentável.

Portanto, o Instituto de Especialização em Vendas pode te ajudar a alavancar os seus processos de vendas. Desde 2014, o IEV oferece cursos para profissionais do setor, focando no aumento de produtividade e lucratividade de pequenos a grandes empreendimentos. Há diversas opções para o gestor melhorar cada uma das etapas comerciais e aplicar ferramentas, como um sistemas de vendas, para vender mais e melhor. Acesse a nossa página de cursos e descubra as muitas possibilidades.

Comece a praticar uma gestão de vendas de alta qualidade: