Encantar para vender: As propagandas mais incríveis do Super Bowl

Encantar para vender: As propagandas mais incríveis do Super Bowl

Neste domingo, 2 de fevereiro, acontece o Super Bowl, torneio anual entre os campeões de conferência da NFL, liga de futebol americano. Trata-se do evento esportivo mais esperado do ano, com a maior audiência da TV dos EUA – uma grande vitrine para as marcas exibirem seus comerciais.

A disputa por espaço nos intervalos é até mesmo conhecida como “A Batalha das Marcas”, em que empresas de diversos segmentos investem pesado para fazer os melhores comerciais.

Ao longo dos anos, diversas peças publicitárias se tornaram marcantes, com as redes sociais, a repercussão é ainda maior. Apesar da superprodução dos comerciais estar longe da nossa realidade, os conceitos explorados na criação deles não estão.

Se conectar com o cliente e gerar valores para além do produto é essencial. Cada vez mais empresas têm usado o conceito de encantamento para fechar e manter suas vendas. E se tem uma coisa que os comerciais do Super Bowl sabem fazer, com muita criatividade, é encantar.

A seguir, separamos 7 propagandas incríveis e o que de especial nelas podemos replicar:

1 – Motivação (Pokemon)

Em 2016, a franquia midiática Pokémon completou 20 anos. Entre jogos, desenhos e diversos produtos licenciados, a marca fez parte da infância e formação de muitos fãs ao redor do mundo e, na ocasião, decidiu celebrar motivando as gerações mais jovens.

2 – Humor (Doritos)

O humor está presente na maioria dos comerciais, pois é uma ótima ferramenta para chamar atenção, explorando situações impossíveis, exageradas e também cotidianas. Comerciais engraçados tem mais chances de serem replicados e ganharem a simpatia do público.

Assim fez o Doritos em 2017:

3 – Referências Pop (Volkswagen)

Trazer referências da cultura pop para suas estratégias de marketing, como posts nas redes sociais, por exemplo, ou até mesmo os produtos customizados, temáticos, pode ser muito lucrativo. Isso porque há uma transferência de desejo dos fãs da obra citada – de se aproximar daquele ideal – para sua marca.

No Super Bowl XLV, de 2011, a Volkswagen usou o imaginário de Star Wars para apresentar seu novo carro.

Observe que o comercial não faz uso de palavras para passar sua mensagem, apenas elementos visuais e sonoros.

4 – Valores (Always)

No contexto em que os valores de uma empresa são decisivos na hora de comprar, reforçá-los nas suas campanhas é uma boa ideia.

A Always, empresa de produtos de higiene para mulheres, fez um comercial com uma mensagem de empoderamento feminino, em 2015. Além de conversar com o público-alvo, a campanha veio acompanhada de uma hashtag, sugerindo a interação com a marca.

5 – Associação de Sentimento (Budweiser)

Outra tática muito consagrada, principalmente entre as bebidas, é a associação de sentimentos ao produto. Trata-se de replicar um clima de satisfação, felicidade, acolhimento, familiaridade, etc, no comercial, induzindo o consumidor a se lembrar do produto quando vivenciar o sentimento escolhido.

Quase todos os comercias da Coca-Cola fazem uso disso, explorando a magia do Natal, os almoços em família e a reunião com os amigos.

Em 2014, a Budweiser fez um comercial que mostrava a amizade entre um cachorro e um cavalo, nada relacionado a cerveja, certo? Mas a peça passava um clima agradável, de maneira simples, e viralizou.

6 – Concorrência (Pepsi x Coca)

Não poderíamos deixar de fora a rivalidade entre Pepsi e Coca-Cola, que sempre rende ótimos comerciais. Utilizar comparações com a concorrência pode ser uma forma de chamar atenção.

As duas marcas costumam ser bem explícitas na hora de se alfinetar. Todavia, nessa propaganda de 1996, a mensagem foi sutil – e igualmente marcante.

7 – Autoridade (Honda)

O gatilho de autoridade é o uso de pessoas famosas, ou especialistas no assunto, por exemplo, para passar credibilidade ao produto e vender mais.

No ano de 2017, a Honda conseguiu inovar dentro desta lógica, amplamente utilizada, e ainda gerar humor:

Agora, a expectativa é para as propagandas deste ano, com destaque para as montadoras de automóveis, que devem explorar seus modelos elétricos na campanhas.

Gostou da lista? Acompanhe nosso conteúdo!

Siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram