Learning Agility: o que é? Saiba como aumentar o potencial de vendas!

Em um cenário empresarial em que novas tendências aparecem a cada momento, é importante que as organizações consigam se adaptar rapidamente às mudanças. E uma das estratégias que favorece esse cenário é o Learning Agility.

Você já ouviu este termo antes? Trata-se de uma capacidade que está relacionada à facilidade de aprendizado, o que, para o mercado, faz toda a diferença. 

Cada vez mais, esse conceito vem se mostrando valioso para uma liderança de sucesso, pois representa um caminho para descobrir talentos e ter uma boa gestão de pessoas.

Quer saber mais sobre o que é Learning Agility, a importância disso para as empresas e como pode ser implementado em diversas áreas, incluindo a comercial, ajudando a descobrir como aprender a vender? É sobre isso que falaremos neste conteúdo. Boa leitura!

O que é Learning Agility?

Learning Agility, ou Agilidade de Aprendizagem, é um termo relacionado à capacidade de aprendizado rápido. 

Basicamente, é um conjunto de práticas e comportamentos que favorecem a aquisição de conhecimentos por meio de novas experiências, desenvolvendo habilidades de maneira ágil e eficaz.

Essa mentalidade é extremamente importante para as empresas, e está ganhando cada vez mais relevância como uma ferramenta de gestão.

O conceito foi estudado por mais de quatro décadas por Warner Burke, que acompanhou centenas de executivos para identificar os traços de personalidade e comportamento que definem o Learning Agility.

Aliás, mais do que ter agilidade e facilidade de aprendizado, a principal ideia deste termo envolve a capacidade de acompanhar a velocidade das mudanças do mundo.

Afinal, em um momento em que a transformação digital e as tendências mudam a cada segundo, é fundamental que os profissionais consigam aprender, desaprender e reaprender com facilidade.

Tudo isso mostra como essa é uma habilidade para toda a vida, não ficando restrita apenas ao ambiente de trabalho.

Qual é a importância para as empresas?

Qualquer negócio que deseja ter sucesso deve estar consciente de que o desenvolvimento contínuo deve ser um de seus principais objetivos.

Isso é essencial para todos os setores, inclusive para a gestão comercial. Afinal, se o colaborador não está disposto a aprender novas habilidades e competências, buscando melhorar suas técnicas e abordagens, então, em pouco tempo, ficará para trás.

Principalmente em tempos de crise, a constante reinvenção que o Learning Agility traz para a mentalidade das empresas é crucial.

Até mesmo porque os profissionais que são mais flexíveis e ágeis conseguem lidar melhor com novos desafios, além de ter a capacidade de prever possíveis problemas.

Por isso, esse conceito torna-se imprescindível como uma ferramenta de liderança. Além de incentivar que os colaboradores tenham essa sede por novos conhecimentos, é possível conduzir a equipe a transformações importantes e, sobretudo, contribuir para a retenção de talentos.

Mas, para isso, é necessário que a empresa conte com uma cultura organizacional que favoreça o Learning Agility. Ou seja, essa mentalidade deve ser construída de forma estrutural e estar intrinsecamente ligada aos valores da organização.

9 pilares do Learning Agility

Os estudos do Dr. Warner Burke mostraram que existem nove características essenciais que compõem essa habilidade. Tudo isso foi descrito no Inventário de Learning Agility, que começa com uma citação interessante, resumindo bem todo esse conceito:

“A capacidade de aprender é uma característica definidora do ser humano; a capacidade de continuar aprendendo é uma habilidade essencial da liderança. Quando os líderes perdem essa habilidade, eles inevitavelmente vacilam. Quando qualquer um de nós perde essa habilidade, não crescemos mais”.

Neste documento, estão reunidos os nove pilares do Learning Agility. Confira, agora, quais são eles.

  1. Flexibilidade: estar aberto a novas ideias e propor novas soluções;
  2. Agilidade: agir rapidamente sobre as ideias para que aquelas que não funcionam sejam descartadas e, ainda, aquelas que trazem bons resultados sejam aceleradas;
  3. Experimentação: experimentar novos comportamentos (ou seja, abordagens, ideias e técnicas) para determinar o que é realmente eficaz;
  4. Assumir riscos de performance: buscar novas atividades (tarefas, atribuições ou funções) que forneçam oportunidades de desafios;
  5. Assumir riscos interpessoais: confrontar as diferenças com os outros de maneiras que levem ao aprendizado e à mudança de perspectivas;
  6. Colaboração: encontrar maneiras de trabalhar com outras pessoas que gerem oportunidades e experiências únicas de aprendizado;
  7. Coleta de informações: usar vários métodos para se manter atualizado em sua área de especialização;
  8. Busca por feedbacks: pedir feedbacks aos outros sobre as próprias ideias e desempenho geral;
  9. Reflexão: desacelerar para avaliar o próprio desempenho, com o objetivo de ser mais eficiente e produtivo.

Esses pilares mostram algumas características e habilidades que um profissional de alta performance deve ter para conseguir bons resultados. Isso inclui tanto as figuras de liderança quanto os demais colaboradores.

Ter flexibilidade, estar disposto a correr riscos, saber ouvir (e até mesmo pedir) por feedbacks e fazer uma boa reflexão sobre suas habilidades e atitudes é primordial para qualquer profissional.

Isso sem citar a vontade de continuar aprendendo e se desenvolvendo. Essa é uma ideia também muito relevante para o conceito de Lifelong Learning, ou seja, a premissa de que o aprendizado deve ocorrer durante toda a vida.

Como implementar o Learning Agility?

Agora que você entende todo o conceito do Learning Agility, pode estar se perguntando como implementar essa cultura na sua equipe comercial, certo?

Como falamos, os benefícios disso são variados, desde o aumento da performance até a retenção de talentos. Mas, para tal, é necessário que os colaboradores entendam a importância dessa melhoria contínua.

Pensando nessa questão, confira algumas dicas que podem contribuir para o momento de aplicar o Learning Agility no setor comercial.

Reconheça o valor dos diferentes pilares

Normalmente, falamos muito sobre o CHA de vendas e a relevância desse conjunto de comportamentos, habilidades e atitudes de um vendedor. 

Os pilares estão aqui para agregar ainda mais a esse conceito, porém, a proposta é perceber como uma totalidade, ou seja, sem definir uma ou outra característica como superior.

Invista em programas de desenvolvimento

É claro que os colaboradores podem (e devem) ir atrás de conhecimentos, mas a liderança que prioriza isso dentro da organização tem muito mais chances de obter melhores resultados.

Promova um ambiente propício para trocas de experiências

Um dos pilares do Learning Agility é a busca de feedbacks, mas isso raramente será possível em um ambiente em que o colaborador não se sinta à vontade, seja com o restante da equipe ou com o próprio gestor. 

Inclusive, para saber mais sobre como ter uma comunicação efetiva com sua equipe comercial, motivando-a e caminhando rumo ao sucesso, confira este eBook. Baixe agora!

Priorize a ciência das vendas

Não há como aprender a vender com eficiência se os vendedores não tiverem a mentalidade de que, para alcançar todo seu potencial, não se deve ver as vendas como um “jeitinho”, mas sim como uma ciência.

Em outras palavras, ciência de vendas é o termo que utilizamos para confirmar que esse processo precisa ser pautado em estudo, domínio de técnicas, ferramentas e habilidades. 

Foi exatamente com essa mentalidade que a LCK Comércio conseguiu aumentar seu faturamento em 443%

Apesar do desempenho, boas estratégias e produtos que encantavam o time e o cliente, a empresa não conseguia operar com tranquilidade e linearidade. Segundo o gestor da área, eles estavam no limite e, qualquer coisa que desse errado, acabavam tendo prejuízo com alta influência no faturamento.

Perceberam, então, a urgência em acompanhar a empresa com mais atenção e técnica, estruturando a parte comercial e gerencial. Sendo assim, em 2019, a LCK conheceu os programas de treinamento e desenvolvimento do IEV, a solução comercial mais completa para aplicar a ciência das vendas.

Com metodologia dos maiores especialistas da área, desenvolvemos a solução mais completa em vendas para empresas. 

Formamos profissionais de alto nível, acompanhamos resultados e desenvolvemos uma parceria de confiança. Quer iniciar uma rotina de capacitação por toda a sua equipe comercial? 

Converse com um especialista em vendas do seu segmento e entenda como nós, do IEV, podemos te ajudar a despertar os mais altos resultados no seu time.

WhatsApp us