Site de cashback cria ação voluntária para compras on-line na quarentena

Site de cashback cria ação voluntária para compras on-line na quarentena

Além de doar parte do dinheiro, o site Ganhe de Volta disponibiliza aos usuários opção de destinarem o cashback para instituições que estão diariamente lutando contra a pandemia

Os sites de vendas já sentiram os impactos causados pelo novo coronavírus. De acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) nas últimas semanas de quarentena as lojas virtuais chegaram a registrar um aumento de mais de 180% em transações nas categorias Alimentos e Bebidas e Beleza e Saúde. Para cumprir as orientações de isolamento social, os acessos ao e-commerce atingiram os picos de vendas, assim como registrados em tempos de black friday, situações em que em apenas um dia são alcançados números de vendas previstos para o período de trinta dias.

A mudança significativa no comportamento do consumidor é vista nas ruas, onde estabelecimentos como supermercados e farmácias registram movimento bastante reduzido. Os decretos estaduais e/ou municipais que determinam o fechamento do comércio lojista de rua, shoppings centers e centros comerciais fizeram com que a população evitasse as compras em lojas físicas, mas isso não quer dizer que o consumo diminuiu, ele apenas migrou para o comércio virtual. Por isso, nos acessos on-line, os números crescem cada vez mais. E ainda se tratando de sites de cashbacks, onde o consumidor consegue receber de volta parte do dinheiro pago na compra, os acessos têm se mostrado cada vez maiores, de acordo com Yuri Penido, CEO do site de cashback Ganhe de Volta:

“Tivemos um aumento no número de clientes e acessos ao site de forma significativa. E apesar de ter crescido, percebemos que o comportamento dos clientes modificou bastante. Observamos uma mudança nas escolhas de compras, de itens supérfluos ou de desejos, para itens mais essenciais. E em apenas um dia, tivemos mais de mil novos cadastros na plataforma”

Cashback solidário contra o novo coronavírus

O momento de solidariedade de combate à Covid-19 e apoio às instituições que estão diariamente lutando contra a pandemia motivaram a equipe do site de cashback Ganhe de Volta. O site lança a Campanha “Cashback Solidário” e oferece a opção ao usuário para destinar parte ou todo cashback das compras virtuais a entidades da sociedade civil que estão arrecadando doações para ajudar no combate ao novo coronavírus:

“Aumentamos o cashback em lojas que atendem mais a necessidade dos brasileiros neste momento. Em alguns setores nós tiramos nossa margem de lucro e aumentamos nossos cashbacks, que podem chegar em até 4,5% para lojas de itens essenciais, como farmácias e supermercados. O cashback solidário foi uma forma de nós, do Ganhe de Volta, podermos ajudar a quem mais precisa da nossa atenção neste momento, por essa causa que todos nós estamos lutando juntos.”

Sulamytha Brum é auxiliar administrativo e internauta ativa no varejo digital. Ela utiliza sites de cashback para compras on-line e comenta que a ação estimulou ainda mais a busca por sites como esse:

“É muito bacana ver sites assim que incentivam o lado positivo que pode existir dentro de um ser humano. Vai muito além de dinheiro, é ser solidário. Ainda mais para nós consumidores em isolamento social, em casa, unindo o útil ao agradável de uma forma prática para essa doação.”

Raysa Monte é engenheira civil e em tempos de isolamento social está trabalhando home office. Ela também apoia esse tipo de iniciativa:

“Todo engajamento social para causa de ajuda humanitária sempre é bem-vindo. E quando está alinhado com ferramentas que nos ajudam diretamente em nosso dia a dia, se torna algo ainda melhor”

Acesse o cashback solidário do site Ganhe de Volta

Segurança no comércio virtual

E vale lembrar sempre o cuidado com a segurança no comércio virtual. As precauções continuam válidas: ao comprar pela internet verifique se é um site seguro, pesquise sobre a empresa nas redes sociais e procure reclamações da loja em sites do segmento.

Mesmo com diversas formas de confirmar a veracidade de um site, muitas pessoas ainda não se sentem confortáveis com a compra on-line devido aos quesitos de segurança dos dados pessoais e financeiros. Por isso, Yuri Penido, CEO do Ganhe de Volta, indica que é necessário confirmar a URL da plataforma para a qual o cliente será redirecionado por meio dos sistemas de cashback:

“É preciso verificar se a compra está sendo feita no site oficial da loja, sempre verificar a URL e nunca colocar dados pessoais e cartões de crédito em sites suspeitos. A melhor forma de se garantir é pesquisar a loja no Ganhe de Volta e ativar o cashback, pois só colocamos em nosso site lojas confiáveis e seguras”, garante o CEO.

Como funciona o cashback

O sistema utilizado no cashback é possível devido à comissão que as lojas pagam para cada compra que é redirecionada pelo site que utiliza esse meio de venda. O valor é dividido com o cliente em troca da fidelidade à plataforma, a loja recebe com a compra realizada e o próprio consumidor ganha descontos e dinheiro de volta. É o que explica Yuri Penido:

“A mecânica do cashback é muito simples: as lojas pagam para anunciar em nosso site e nós dividimos esse valor com nossos clientes. Muitos sites ganham essas comissões e não repassam para o comprador, nós achamos justo os dois ganharem que, assim, sempre haverá essa parceria, gerando um ciclo sustentável de economia”, comenta Yuri Penido.

Milhares de sites de variados segmentos são cadastrados em plataformas de cashback. No site Ganhe de Volta, por exemplo, são mais de 2.100 lojas parceiras e o diferencial é que o próprio sistema cobre, automaticamente, o valor de retorno dos concorrentes e ainda acrescenta uma bonificação de 20% do dinheiro que volta para o comprador.

Incertezas quanto ao futuro e alternativa para poupar

A pandemia que estamos vivendo gera incertezas quanto ao futuro. Pensando em economizar, mas ao mesmo tempo sabendo que é necessário comprar itens essenciais, os consumidores estão percebendo vantagens em sites que oferecem cashback. A insegurança causada pelo momento econômico também levou internautas mais focados em planejamento financeiro estratégico a longo prazo a acessarem com mais frequência os sites de cashback com o objetivo de poupar para momentos futuros, em caso de necessidade. Assim como comenta Raysa Monte, engenheira civil:

“Sites que oferecem cashback são uma ferramenta muito valiosa na relação de economia e organização doméstica, pois não temos como fugir de consumos essenciais, mas podemos nos beneficiar de forma muito vantajosa se houver planejamento e organização para que nossos consumos mensais possam ser realizados utilizando um site de cashback. Ter uma parte do valor gasto em itens básicos que vamos ter que adquirir de qualquer forma, representa uma economia significativa e fácil de ser realizada”

Já Sulamytha Brum, auxiliar administrativo, comenta que esse tipo de plataforma é prática e sempre que utiliza ganha o retorno esperado:

“Sempre opto por sites que possuem alguma parceria com cashback, porque além de adquirir o produto, é possível ter um retorno bastante significativo. E eu recebo tudo sempre direitinho. Nunca tive problema algum”

Lembrando que durante a pandemia as lojas estão acessíveis para os consumidores comprarem praticamente todos os itens como de costume em lojas físicas. Diversas empresas vendem e entregam nas casas tudo o que é necessário para o dia a dia, de compras de supermercados à vestuários e produtos automotivos.

O site de cashback Ganhe de Volta foi fundado em 2015. Conta com 2 escritórios – em Campinas/SP e Miami. Tem o maior acervo de lojas no Brasil, com mais de 2.100 lojas nacionais e internacionais cadastradas. Média de 350 mil acessos por mês e mais de 220 mil clientes ativos.

Com o site de cashback Ganhe de Volta o cliente compra nas lojas favoritas e ainda ganha parte do valor da compra de volta, em dinheiro.

*Matéria enviada pela assessoria de imprensa

LEIA MAIS: Como os setores de turismo e eventos enfrentam impacto da COVID-19

REDES SOCIAIS: