Retenção de talentos: seria essa a chave para o sucesso? Benefícios + dicas

Cada vez mais as empresas percebem a importância de investir no capital humano, afinal, é uma das principais maneiras de aumentar o potencial de crescimento da instituição.

Entre muitas das questões comentadas, da gestão de pessoas à redução de turnover, as estratégias de retenção de talentos é fundamental para o meio corporativo.

Afinal, mais do que contratar as pessoas certas, é necessário investir internamente para construir organizações mais produtivas e competitivas. Essa é a grande vantagem de ter um planejamento focado nos colaboradores.

Esse processo, inclusive, pode aumentar o engajamento e o senso de pertencimento dos colaboradores, além de melhorar a visão externa da marca. Mais do que isso, é uma maneira de fazer com que a sua equipe tenha as melhores pessoas trabalhando em prol dos objetivos da empresa. 

Quer entender mais sobre o que é retenção de talentos e a importância de manter profissionais capacitados dentro da sua equipe de vendas? Então, continue a leitura!

O que é retenção de talentos?

Retenção de talentos é o esforço que a companhia deve fazer, baseado em um bom planejamento estratégico, para que os seus funcionários continuem trabalhando ali. Mas, para isso, é necessário elaborar planos de ação estrategicamente para evitar uma alta rotatividade.

Até mesmo porque, não basta que o gestor da área queira implementar táticas desse tipo, se a empresa não favorece essa percepção. A retenção de talentos nas empresas é uma questão de gestão empresarial e, às vezes, mudanças devem ser feitas em toda a cultura organizacional para que essas estratégias funcionem.

Do contrário, pode acabar tendo o efeito reverso e, no fim, representar apenas mais um gasto para a organização.

Então, muito mais do que entender o que é retenção de talentos, é fundamental que os empreendedores e donos do negócio vejam a importância disso.

Talvez você já tenha ouvido o chefe falando “por que eu vou investir no treinamento desse funcionário, se em pouco tempo ele vai sair para outra empresa”? É exatamente essa mentalidade que devemos mudar.

Afinal, é preciso utilizar estratégias, ferramentas e tecnologias diferenciadas para inovar os processos e manter uma boa qualidade de vida no ambiente de trabalho para que os colaboradores desejem ficar.

Mais do que oferecer benefícios, é importante entender que toda a cultura organizacional tem uma influência direta na retenção de talentos, sendo inclusive uma das maneiras de diminuir o índice de turnover – um dos maiores desafios das empresas brasileiras atualmente, segundo uma pesquisa da Robert Half.

Mas, afinal, por que investir nos talentos da sua equipe é tão importante? É isso o que você verá a seguir. Confira.

Indicação de leitura: Melhores empresas para trabalhar: como ser uma delas

7 estratégias para reter talentos

Agora que você já sabe o que é e conhece os principais benefícios de criar estratégias voltadas para a retenção de talentos, pode estar se perguntando: como fazer isso? Separamos uma lista com sete dicas que podem ajudar neste momento:

  1. Selecione as pessoas certas
  2. Promova uma mudança da cultura organizacional
  3. Implemente uma cultura de feedbacks
  4. Estabeleça um plano de carreira
  5. Valorize e reconheça os colaboradores
  6. Desenvolva iniciativas de treinamento e desenvolvimento
  7. Invista no desenvolvimento de lideranças

Veja, em detalhes, cada uma dessas questões. 

1. Selecione as pessoas certas

Mesmo quando estamos falando sobre retenção de talentos nas empresas, é necessário entender que tudo começa no processo de seleção e recrutamento. É fundamental que, além de optar por profissionais capacitados, o gestor se preocupe em ter pessoas que compartilham as visões e os valores da empresa.

Além disso, um processo de seleção bem feito impacta diretamente na motivação e na produtividade da equipe. É o que mostra esta pesquisa da TalentLyft: 15% dos candidatos com experiências positivas em seu processo de contratação dedicam mais esforços ao trabalho

Também é fundamental o alinhamento das expectativas desde os primeiros passos: mostrar o que o profissional irá fazer, o que a empresa deseja dele e, principalmente, quais são os benefícios de trabalhar ali. 

Isso ressalta a importância do processo de onboarding dos novos funcionários, como uma maneira de explicar como funciona a dinâmica de trabalho. 

Essas ações, por menores que pareçam, trazem mais confiança ao colaborador, que sabe exatamente o que esperam dele. Mais do que isso, podemos destacar, dentre as vantagens de se investir em um bom processo de recrutamento e seleção: 

  • Emprego otimizado dos recursos da empresa (já que bons processos resultam na escolha de funcionários compatíveis com a empresa); 
  • Mais chances de crescimento para a empresa (que opera com um time de funcionários engajados e qualificados);
  • Maior abertura para a criação de um ambiente de trabalho inovador e colaborativo.

Quer saber mais sobre como contratar apenas os melhores talentos, graças a um planejamento certeiro e um processo imbatível? Baixe gratuitamente nosso eBook! 

2. Determine a cultura organizacional da empresa

É difícil criar um bom planejamento de retenção de talentos se a cultura organizacional não estiver bem definida. Isso porque o principal objetivo é conseguir gerar senso de pertencimento na equipe.

Se todos abraçam os mesmos propósitos e valores, a missão e a visão do negócio podem ser alcançadas, pois o trabalho estará alinhado e todos caminharão para um mesmo objetivo.

Nesse sentido, é essencial que o propósito da sua empresa esteja claro. Os colaboradores precisam saber para o que, de fato, eles estão trabalhando. O que eles estão construindo? Qual é o legado que querem deixar para os próximos? Então, deixe todos muito cientes do motivo pelo qual a sua empresa existe.

Veja o vídeo abaixo sobre o valor do propósito e inspire-se! 

3. Implemente uma cultura de feedbacks

O feedback é uma das partes mais importantes da cultura de uma empresa. Em tradução, essa palavra significa “opinião de retorno”, ou seja, é o ato de passar uma avaliação e mensurar os resultados do outro, pontuando o que foi feito certo, errado e o que pode ser melhorado.

Esse momento pode ser visto como tenso por muitos colaboradores. Contudo, quanto mais esse processo for implementado e difundido pela empresa, mais natural ele será. Isso significa que você não deve dar feedbacks apenas para apontar os lados negativos. 

Mas esse tipo de conversa deve ser constante também para elogiar e, principalmente, para manter a comunicação aberta para que o profissional se sinta à vontade para tirar dúvidas ou pedir ajuda ao líder quando precisar.

Manter a comunicação transparente e assertiva é uma das principais maneiras de manter o engajamento da equipe e promover um ambiente de trabalho saudável.

4. Estabeleça um plano de carreira

Não podemos negar que uma das principais maneiras de fazer com que os funcionários permaneçam na companhia é oferecendo um plano de carreira. 

Ou seja, a perspectiva de que, conforme for fazendo um bom trabalho, o colaborador pode crescer dentro da vaga que ocupa e até mesmo evoluir nos cargos.

Sendo assim, vale a pena mostrar para sua equipe até onde cada um pode chegar ao trabalhar com alta performance, incentivando-os a atingirem o seu máximo potencial.

Essa visão de futuro, além de remuneração baseada em meritocracia, estimula o profissional a ter mais foco e motivação para desempenhar suas atividades.

5. Valorize e reconheça os colaboradores

A valorização dos profissionais pode ocorrer de várias maneiras. Desde os feedbacks positivos e comemorar os bons resultados, como já mencionamos, como oferecer benefícios que vão além do salário.

De acordo com as pesquisas Estresse Financeiro dos Brasileiros e Tendências em Benefícios para 2021, realizadas pela Onze, esses são os principais benefícios esperados pelos funcionários:

Fonte: Onze

É importante entender isso porque, nem sempre, altos salários são suficientes para a retenção de talentos. Todos esses benefícios, por menores que pareçam, são relevantes para que os profissionais se sintam valorizados.

6. Desenvolva iniciativas de treinamento e capacitação

Uma das principais maneiras de conseguir reter talentos é por meio da capacitação profissional. Isso faz com que os colaboradores se sintam valorizados, afinal, você estará investindo nele.

Mas, além disso, o processo de treinamento e desenvolvimento é fundamental para que uma empresa tenha vantagem competitiva, consiga manter um crescimento sustentável e alcance bons resultados. 

Isso porque é dessa maneira que a equipe consegue adquirir novos conhecimentos, aprimorar suas técnicas e avançar em sua carreira.

Além disso, a formação contínua pode ser vista como garantia de retorno sobre investimento para a empresa e para os trabalhadores que vão se aperfeiçoar e se mostrar mais motivados.

Leia também: IEV e Santolin: parceria que resultou em crescimento e capacitação

7. Invista no desenvolvimento de lideranças

Fortalecer a liderança organizacional deve ser uma das prioridades de qualquer empresa. Isso porque os líderes e gestores têm um papel central na forma que as equipes desempenham suas funções e, principalmente, na experiência que possuem com a cultura empresarial.

Sendo assim, um bom treinamento de liderança deve focar na transmissão de conhecimento teórico e/ou prático, voltado para o desenvolvimento e aprimoramento de habilidades gerenciais. 

Algumas das características específicas para o cargo de gestores que devem ser trabalhadas são:

  • Gestão de pessoas;
  • Gerenciamento de conflitos;
  • Organização;
  • Comunicação;
  • Inteligência emocional.

Além, é claro, de instruir esse novo gestor a como delegar funções, solucionar questões técnicas e práticas na rotina do setor. Seja ele um gerente de vendas, financeiro, atendimento ao cliente, etc.

Aproveite e confira: Treinamento de vendas e liderança + IEV: como alcançar o máximo potencial?

Qual é a importância da retenção de talentos nas empresas?

O capital humano é uma das partes mais importantes de qualquer organização. Afinal, sem eles, nenhum crescimento acontece. Mas, mais do que ter profissionais capacitados, é necessário ter uma boa gestão de talentos para que você consiga manter os melhores.

Isso significa não apenas oferecer boa remuneração, mas também criar um ambiente corporativo saudável, promover ações motivacionais interessantes e, principalmente, investir em treinamentos e capacitações de toda a equipe – dos vendedores à liderança.

Como resultado de uma retenção de talentos eficientes, você poderá observar diferentes benefícios, como:

  • Construção de um clima mais agradável;
  • Melhora do relacionamento interpessoal entre a equipe;
  • Queda do índice de turnover;
  • Redução de custos trabalhistas;
  • Atração de novos talentos;
  • Aumento do engajamento e motivação;
  • Melhora a imagem da empresa.

No fim, as vantagens de investir em estratégias como essas podem ser sentidas por todos os lados: os colaboradores se sentem valorizados e, consequentemente, mais motivados, realizando melhor as suas tarefas.

Os líderes têm mais facilidade para ter uma gestão altamente produtiva, já que os colaboradores estarão engajados, o que pode melhorar os resultados alcançados.

E a empresa, por fim, além de gastar menos com custos trabalhistas e com os próprios processos de seleção e recrutamento, também terá profissionais de alta performance, prontos para alcançar o seu máximo potencial.

Quer saber mais sobre como aumentar o desempenho da sua liderança? Baixe este eBook agora mesmo!

Destrave o potencial da sua equipe com o IEV!

Não existe uma receita certa ou definitiva para que uma empresa prospere. Ainda assim, existem questões que não podem ser deixadas de lado quando pensamos no que é necessário para o crescimento de um negócio.

Junto à proposta de treinamentos e educação continuada, a gestão de talentos é uma maneira de promover o desenvolvimento dos profissionais, qualificando-os ainda mais para alcançar o seu máximo potencial.

Agora que você já sabe o que é e a importância de investir na retenção de talentos e como os treinamentos têm um papel fundamental nisso, é o momento de conhecer quem pode te ajudar nesta jornada.

O IEV tem 14 anos no mercado e, em todo esse tempo, já fez parte da história de inúmeras empresas e equipes de vendas que cresceram e ampliaram seus resultados. Os números falam por si mesmos:

  • Mais de 1.000 empresas atendidas;
  • Mais de 30 mil alunos formados;
  • Mais de 8 mil alunos ativos;
  • 95% dos clientes recomendam.

Mais do que um curso ou mentoria, oferecemos a mais completa solução de evolução de vendas do Brasil, unindo a experiência dos maiores especialistas do Brasil a metodologias práticas e eficientes.

Afinal, vender não é apenas uma ação, mas uma verdadeira ciência. Então, buscamos sempre ir além de simples técnicas comerciais. 

Para isso, unimos teoria, prática, experiência e método próprio reconhecidos nacionalmente, e criamos uma trilha avançada de desenvolvimento para times comerciais

Com o objetivo de alcançar a excelência em vendas, obter times de alto desempenho, acelerar resultados e otimizar os investimentos em treinamento.

  • Temos programas que levam os setores de vendas das empresas ao nível mais excelente de profissionalização;
  • Capacitamos gestores e vendedores;
  • Oferecemos suporte na aplicação das metodologias e acompanhamento dos resultados;
  • Além de ferramentas que permitem monitorar o engajamento das equipes.

Estamos aqui para ajudar empresas a descobrir, desenvolver, destravar e alcançar todo seu potencial. Seja na busca por resultados, performance, formação completa ou uma parceria de confiança.

Quer saber mais? Entre em contato com a equipe do IEV e comece hoje essa mudança.

WhatsApp us